TZ BlogPlaza - шаблон joomla Окна

Parque Tecnológico Itaipu tem novo diretor superintendente

Categoria: Notícias Escrito por Adilson Borges / May 9, 2018

O biólogo Jorge Augusto Callado, que foi secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná e ocupava o cargo de assessor técnico da Diretoria Geral Brasileira da Itaipu, é o novo diretor superintendente da Fundação Parque Tecnológico Itaipu (Fundação PTI). Ele assume no lugar de Ramiro Wahrhaftig, que estava na função desde maio de 2017. Callado é o terceiro diretor superintendente da história do PTI, criado há 15 anos. Antes de Ramiro, Juan Sotuyo ficou à frente da fundação por 14 anos.

Indicado pelo diretor-geral brasileiro de Itaipu, Marcos Stamm, o nome de Jorge Callado foi referendado (avaliado e aprovado) nesta terça-feira (8) pelo Conselho Curador do PTI. Ele cumpre os requisitos para o cargo, como formação e experiência. O mandato prossegue até 31 de dezembro de 2018. A data e o local de posse ainda não foram marcados, mas devem ser anunciados nos próximos dias. 

A Fundação PTI é a instituição responsável pela gestão e manutenção do Parque Tecnológico Itaipu, onde estão instalados universidades, empresas incubadas e laboratórios de pesquisa e são desenvolvidos projetos e ações, inclusive aqueles voltados ao desenvolvimento socioeconômico da região Oeste do Paraná.

Antes de assumir a nova função, o diretor superintendente do PTI ocupava um papel estratégico na Itaipu, como assessor da Diretoria Geral Brasileira. Jorge Callado atuou como homem de confiança de Stamm desde que o atual diretor-geral ocupava a cadeira de diretor financeiro executivo. Callado era responsável pela interlocução institucional da empresa com organismos internos e instituições de fora, entre elas a Organização das Nações Unidas (ONU).

Considerado objetivo e prático, mas extremamente humano e visionário, Callado tem como desafio buscar a conexão das questões referentes ao PTI e Itaipu com as ações de desenvolvimento de toda a região, especialmente na área de influência da usina e do próprio PTI, que é uma espécie de “braço” da usina.

Homem certo no lugar certo

Especialista em limnologia (ciência que estuda as águas continentais), em planejamento e gerenciamento ambiental e mestre em Gestão Urbana, o novo diretor superintendente do PTI, além de secretário estadual e superintendente regional do Ibama, trabalhou como assessor técnico para a área de meio ambiente do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

Para o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Jorge Callado é, sem dúvida, o profissional certo para colocar o PTI na vanguarda de sua vocação, com continuidade e reforço das ações que estão dando certo, como o incentivo ao empreendedorismo, o apoio técnico às prefeituras da região, as pesquisas sobre mobilidade elétrica, segurança de barragem e automação, além de outras iniciativas de interesse da própria Itaipu.

O que é o PTI

O PTI atua no desenvolvimento econômico e social da região Oeste do Paraná por meio de iniciativas diversas, como a geração de empregos, com o estímulo a novos negócios e aos empreendimentos voltados para o turismo sustentável, o apoio à educação, com a iniciação científica de crianças e adolescentes, formação técnico-profissional de jovens e o apoio à viabilização de mestrados e doutorados com foco em demandas da região. Na área de armazenamento e produção de energia, realiza pesquisas com fontes renováveis, como biogás e hidrogênio e presta apoio à Itaipu no domínio de tecnologias, principalmente nos quesitos de automação e segurança de barragens.

Nos municípios, o PTI dá suporte ao planejamento das prefeituras para a elaboração de planos de saneamento, resíduos sólidos, mobilidade urbana e captação de recursos e investe em tecnologias sustentáveis, com pesquisas voltadas para o agronegócio, mapeamento georreferenciado da região e mobilidade elétrica. Na temática de inclusão social e produtiva, são apoiados mais de 500 pequenos produtores nas esferas da agricultura familiar, com a comercialização, beneficiamento e distribuição de produtos. 

Saiba mais sobre Callado

Graduado em Biologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1988), Jorge Augusto Callado é especialista em Gestão e Planejamento Ambiental pelas Faculdades Integradas Espíritas (2001); especialista em Limnologia pelo CRBIO-07 (2018); especialista em Planejamento e Gerenciamento Ambiental pelo CRBIO-07 (2018); e mestre em Gestão Urbana pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2011).

Desde 2011, ele é presidente do Conselho Regional de Biologia do Paraná e conselheiro estadual de Meio Ambiente (desde 2008). Foi conselheiro de Desenvolvimento Territorial do Litoral Paranaense (2015-2018) e conselheiro estadual de Recursos Hídricos (2011-2013). É professor das disciplinas de Gestão Ambiental e Ecologia.

Jorge Callado iniciou sua carreira como biólogo do Programa de Impactos Ambientais de Grandes Barragens, mantido pelo governo alemão e pelo governo do Paraná. Entre os cargos que ocupou, estão o de diretor de Saneamento Ambiental da Suderhsa - Instituto das Águas do Paraná (2003-2010); coordenador estadual de Resíduos Sólidos - Sema-PR (2004-2005); secretário estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná (2010); superintendente do Ibama no Paraná (2012-2015); assessor técnico para área de Meio Ambiente do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul-BRDE (2015-2017); e assessor técnico da Diretoria Geral Brasileira da Itaipu Binacional.

(Itaipu Binacional)

Thank for sharing!

About The Author