TZ BlogPlaza - шаблон joomla Окна

Programa Encontros e Caminhos 2018 será levado aos 54 municípios da área de abrangência da Itaipu

Categoria: Notícias Escrito por Adilson Borges / May 4, 2018

Depois de sete meses e mais de 400 ações de sustentabilidade e cuidado com o meio ambiente, nos 29 municípios da Bacia do Paraná 3, a edição 2017 do Programa Encontros e Caminhos foi encerrada nessa quinta-feira (3) com uma nova missão. A partir de 2018, a iniciativa será levada aos 54 municípios da área de abrangência da Itaipu, onde vivem mais de 1,5 milhão de pessoas.

A confirmação foi feita pelo diretor de Coordenação da Itaipu, Newton Kaminski, durante a cerimônia de encerramento do programa, realizada no centro de eventos do balneário de Santa Helena. A cerimônia também teve a presença do diretor-geral brasileiro da Itaipu, Marcos Stamm; do diretor administrativo, João Pereira dos Santos; do prefeito de Santa Helena, Airton Copatti; da prefeita de Mercedes e presidente do Conselho dos Municípios Lindeiros, Cleci Loffi; além de prefeitos e lideranças dos 30 municípios.

Segundo Kaminski a empresa já está planejando a próxima etapa, prevista para começar em setembro. A proposta é levar as atividades a todos os municípios do Oeste paranaense, além de Altônia, no Noroeste do Estado, e de Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul. “Percebemos que em todos os projetos da Itaipu envolvendo a comunidade, os resultados são sempre positivos. O Encontros e Caminhos é um bom exemplo. Por isso, não temos receio de ampliar as nossas ações.”

Mobilização efetiva

Em seu discurso, Marcos Stamm afirmou estar emocionado em participar do encerramento do Encontros e Caminhos, justamente pelo simbolismo da iniciativa, que representa a mobilização da comunidade em benefício de um bem maior: a proteção ao meio ambiente e às gerações futuras.

Sobre a ampliação do programa, o diretor-geral explicou que ela é parte do processo de “democratização do orçamento de Itaipu”, iniciado pela diretoria com a inclusão de novos municípios na área de abrangência da margem esquerda da binacional, há pouco mais de um ano.

Para ele, a população dos 29 municípios envolvidos mostrou que é possível mudar o planeta com determinação, força de vontade e união. “Vocês transformaram ideias em ações. E temos certeza de estarmos no caminho certo.”

Scarlat Assunção, representante de todos os coordenadores das ações, moradora de Ramilândia, disse que o apoio da Itaipu foi fundamental, sobretudo pela confiança da empresa nas pessoas.

“O Encontros e Caminhos é mais que um projeto ou programa. É um movimento de coração e mente. Ele mexe com o ser humano, desperta uma nova consciência e incentiva o aprendizado”, concluiu.

Dar o exemplo

Desenvolvido em parceria com o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, o projeto envolveu milhares de pessoas e promoveu mais de 400 ações nas áreas da cultura, esporte, educação e boas práticas socioambientais. Todas tiveram o propósito de incentivar a comunidade a cuidar do meio ambiente e das pessoas e dar exemplo às futuras gerações.

As atividades incluíram limpeza de rios, plantio de centenas de árvores, recuperação de nascentes, construção de cisternas, soltura de alevinos, soltura de balões biodegradáveis com sementes, cavalgadas ecológicas, passeios ciclísticos, encontro de motociclistas, oficinas de cultura diversas, teatros, danças e grafitagens.

O tema escolhido foi “Divisores que unem” e faz alusão à proposta de mostrar que os limites de cada município não devem separá-los. “O Encontros e Caminhos confirmou que pouco recurso, quando usado pelas mãos de pessoas comprometidas, torna-se muito. A comunidade acreditou, trabalhou junto numa grande rede de relacionamento e com iniciativas a favor da vida, do meio ambiente e, principalmente, das pessoas”, completou Cleci Loffi.

Música para celebrar

Duas apresentações musicais animaram a noite de encerramento do programa. Os jovens do projeto “Viola Lindeira” levaram ao público uma série de clássicos da música de raiz, como a canção “Menino da Porteira”. O projeto ensina música a 700 meninos e meninas da região. A cantora Michelly dos Reis Laurindo, empregada da Divisão de Educação Ambiental da Itaipu, também fez um show para a plateia, durante a entrega de certificados aos participantes e coordenadores municipais do Encontros e Caminhos.

(Itaipu Binacional - Foto: A. Zanella)

Thank for sharing!

About The Author