TZ BlogPlaza - шаблон joomla Окна

Turismo de Foz do Iguaçu ganha novos atrativos e investimentos

Categoria: Notícias Escrito por Adilson Borges / December 5, 2018

Principal motor da economia, o turismo em Foz do Iguaçu cresce acima da média nacional e bate sucessivos recordes. As expectativas são ainda maiores para a alta temporada, de dezembro deste ano a janeiro de 2019, e os atrativos anunciam investimentos e melhorias.  

Representantes do Parque Nacional do Iguaçu, que abriga as Cataratas do Iguaçu, do Marco das Três Fronteiras e do Complexo Turístico Itaipu, detalharam as novidades para o segmento à plenária do Comtur (Conselho Municipal de Turismo).

No Parque, termômetro da visitação turística da cidade, a expectativa é receber 300 mil visitantes na alta temporada. Os atrativos de Foz apresentam novos produtos, programações especiais, reestruturação de roteiros, horários ampliados e a implantação do Laboratório de Turismo Sustentável. 

Presidente do Comtur, Carlos Silva destaca o trabalho da iniciativa privada com o apoio do poder público para os investimentos. Para ele, as melhorias atraem mais turistas e aumentam a permanência dos visitantes, desenvolvendo a cidade social e economicamente. 

“Cada real gasto em turismo passa por tantas outras atividades, beneficiando Foz do Iguaçu como um todo”, reflete Carlos Silva. “O Comtur acolheu as propostas de melhorias e se colocou como parceiro. Esse trabalho conjunto entre os setores privado e público faz toda a diferença para que o nosso turismo siga crescendo”, enfatiza. 

Cenografia das Três Fronteiras

Entre os atrativos que apresentam maior percentual de crescimento – 37% em novembro, em relação ao mesmo período do ano passado –, o Marco das Três Fronteiras irá inaugurar uma nova estrutura voltada para a alimentação dos visitantes. O espaço será aberto no dia 20 de dezembro. 

A área que hoje é dedicada aos food trucks e à alimentação rápida será integrada ao desenho arquitetônico do marco, formando a cenografia temática das Três Fronteiras. Os benefícios serão em atendimento, comodidade e valorização da cultura da região trinacional. 

“Os investimentos são no ano inteiro, com melhorias na infraestrutura, atendimento e diversificação das atrações. As novidades buscam atender às demandas dos nossos visitantes”, explica Adelio Demeterko, diretor da Cataratas do Iguaçu S.A., empresa responsável pela gestão da visitação turística do marco.

Com o horário ampliado de funcionamento do Marco das Três Fronteiras, que irá vigorar de 22 de dezembro a 27 de janeiro, o atendimento no atrativo será diariamente das 10h às 22h. Nesse período da alta temporada, a expectativa do espaço é receber 60 mil visitantes.

Novos produtos e pesquisa

O gerente-geral do Complexo Turístico Itaipu, Yuri Benites, apresentou aos membros do Comtur as novidades dos atrativos que são geridos pelo PTI. Os roteiros da Visita Panorâmica e do Circuito Especial foram reestruturados, e o Mirante do Vertedouro recebeu melhorias.

Quatro novos produtos serão lançados nesta quarta-feira (5): Itaipu Tecnologia – Biogás, Itaipu Tecnologia – Segurança de Barragem, Itaipu Kids, focado no público infantil, e ônibus elétricos para o Circuito Especial. Também foi retomado o combo que reúne visita à iluminação e jantar. 

De acordo com Yuri, na segunda quinzena de dezembro, terá início o Itaipu Jet Boat, barco de velocidade para passeio no Lago de Itaipu. Outro grande avanço é a implantação do Laboratório de Turismo Sustentável, instalado no PTI, que irá enfatizar planejamento, ações estratégicas e pesquisa. 

“O Laboratório de Turismo Sustentável é uma estrutura ligada ao Turismo Itaipu, com foco à inovação dos produtos oferecidos e implantação de novas tecnologias”, explica Yuri Benites. “Terá atuação direta com o trade para atendimento às demandas estratégicas e de pesquisa”, conclui. 

Contato direto com a natureza

O Parque Nacional do Iguaçu atua para ampliar atrativos já existentes e lançar novas estruturas a fim de promover maior contato dos visitantes com a natureza. As medidas pretendem criar um novo polo de atrativos, aliando turismo de aventura e de contemplação. 

“Estamos trabalhando em melhorias para gerar um conjunto maior de experiências junto à natureza ao nosso visitante”, frisa Ivan Baptiston, chefe do Parque Nacional do Iguaçu. “Sempre pensando em agregar visitação com proteção ao meio ambiente”, aponta. 

A Trilha do Poço Preto passará por consulta pública em dezembro. A ideia é reunir novas opções ao visitante, mantendo o passeio de barco pelo Rio Iguaçu, que já acontece, mas criando um novo atrativo, com maior contato com a floresta e com outra parte do rio. 

Outra melhoria que está sendo trabalhada pela equipe do PNI é a criação de uma trilha alternativa de acesso ao rafting no Rio Iguaçu, em um dos pontos mais bonitos do parque. As visitas serão agendadas, com controle de acesso, e estão previstas para iniciar em dezembro ou janeiro. 

“Queremos criar uma permanência maior do visitante no parque e um contato mais direto com os aspectos da biodiversidade em si”, enfatiza Cibele Munhoz Amato, do setor de uso público do Parque Nacional do Iguaçu. “A expectativa é criar novas possibilidades de experiências”, diz.

(Conselho Municipal de Turismo)

Thank for sharing!

About The Author