Alunos do Trilha Jovem realizam ações de desenvolvimento sustentável

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Os 120 jovens do Trilha Jovem Iguassu 2016 encerraram o primeiro eixo do projeto com a realização de uma série de iniciativas práticas para aplicar o conteúdo aprendido em sala de aula, com ênfase no desenvolvimento sustentável e na importância do turismo para Foz do Iguaçu.

Divididos em 20 equipes, os trilheiros saíram a campo para executar atividades como limpeza no Parque Monjolo, na praça da pista de skate em frente ao Ginásio de Esportes Costa Cavalcanti, na Praça da Paz e nas trilhas de acesso à cachoeira do Carimã; repasse de informações turísticas, distribuição de material informativo sobre a cidade e incentivo à visitação de pontos turísticos, no TTU; e apresentação do turismo na comunidade escolar.

“Os projetos de revitalização, limpeza e conscientização ambiental e turística foram idealizados pelos alunos, a partir da vivência deles na cidade. Eles mesmos buscaram apoio e parceiros para viabilizar a execução, já que é um dos objetivos do eixo e busca despertar a autonomia dos jovens para que identifiquem problemas, necessidades na comunidade e procurem resolvê-los”, informou Patrícia Menezes Dutra, coordenadora-geral do Trilha Jovem.

E as ações realmente empolgaram os trilheiros. Carlos Eduardo da Silva, da turma de Hospedagem, participou da limpeza no Parque Monjolo e considerou a atividade bastante produtiva. “A gente conseguiu 15 roçadores da prefeitura, então foi uma surpresa, porque inicialmente seriam dois. Estamos aí para ajudar a comunidade e fazer a conscientização. Esse trabalho agrega valor ao local e deixa o ambiente mais propício para visitação. Com mato alto e lixo, que família vai querer vir aqui?”, indagou.

Outro jovem envolvido no trabalho de limpeza e conscientização foi Matheus Lourenço, que cursa Turismo & Atendimento. De acordo com ele, participar dessas ações é muito importante, “porque temos o interesse de dar mais conforto aos moradores e visitantes. Em muitos locais fora do país, os parques e praças são bem cuidados, então se uma cidade turística como Foz tivesse esses locais bem cuidados, isso seguraria o turista mais tempo aqui, porque com mais atividades ele permaneceria mais tempo”.

{gallery}trilha jovem{/gallery}

Reconhecimento

As iniciativas dos alunos do Trilha Jovem foram bem vistas pela comunidade. Para Sebastião Erli de Oliveira, residente perto do Parque Monjolo, a atividade desenvolvida no local foi “maravilhosa, porque está mais do que na hora das pessoas se conscientizarem da importância de preservar o meio ambiente. Qualquer ação nesse sentido é louvável, e a participação dos jovens do projeto nesse sentido é muito importante”.

O gestor de bacias hidrográficas da Itaipu Binacional, Rubens de Souza André, também aprovou as ações e ajudou a viabilizar algumas delas, fazendo a ponte com a Secretaria de Meio Ambiente para que as equipes de roçada ajudassem no corte do mato, enquanto os jovens recolhiam o lixo descartado inadequadamente. Foram recolhidos sacos e mais sacos de embalagens plásticas, garrafas pet e de vidro, papéis, latinhas, entre outros materiais.

“Cada vez mais os jovens estão se inserindo nas questões sociais e ambientais. Isso demonstra que têm despertado para importância de realizar ações para a comunidade, mostrando atitude e envolvimento”, disse André.

Trilha Jovem Iguassu

O Trilha Jovem Iguassu é um projeto de inclusão social e formação para o turismo executado pelo Instituto Polo Internacional Iguassu (POLOIGUASSU). Todo ano, 120 jovens são selecionados e divididos nas turmas de Hospedagem; Turismo & Atendimento; e Alimentos & Bebidas. As aulas são ministradas pela equipe do projeto no contraturno escolar, de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h, no Parque Tecnológico Itaipu. No total são cinco meses de curso e 580 horas de aulas teóricas, práticas e acompanhamento profissional.

Apoiadores

O Trilha tem o apoio da Itaipu Binacional e do Parque Tecnológico Itaipu, e a parceria das seguintes instituições: ABIH, ACIFI, All Brazil Tours, Cataratas do Iguaçu S.A., Codefoz, Comtur, CVC, Del Rey Hotel, Dreamland, Fundo Iguaçu, GJP Hotéis e Resorts, Hotel Continental Inn, Hotel Golden Park Internacional Foz, IDESF, ICVB, Instituto Marca Brasil, JP Dois Comunicação e Vídeo, Parque das Aves, Prefeitura de Foz do Iguaçu, Prestivel, Sancor Seguros, Sicoob, Sindhotéis, UDC, Uniamérica, Único e Wish Resort Golf & Convention.

(Grampo Comunicação – Fotos: Marcos Labanca)

More to explorer