Aos 40 anos, Hospital Ministro Costa Cavalcanti acumula conquistas e faz planos de expansão

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook

Criado originalmente para atender aos operários que trabalharam na construção da usina hidrelétrica de Itaipu, o Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), antigo Hospital Itaipu, completa 40 anos nesta segunda-feira (1º) com planos de ampliação da estrutura física e aumento da capacidade de atendimento.

O hospital foi inaugurado no dia 1º de junho de 1976, na gestão do primeiro diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Costa Cavalcanti – que mais tarde seria homenageado e daria o nome à unidade de saúde.

Em quatro décadas, o HMCC nunca parou de crescer. Administrado desde 1994 pela Fundação Itaiguapy, o hospital passou a atender ao público geral e hoje é referência para o Sistema Único de Saúde (SUS) nas áreas da oncologia, cardiologia, gestação de alto risco e UTI Neonatal. 

Os números ajudam explicar a importância do HMCC para Foz do Iguaçu e região. No ano passado, foram 13.561 internações e 6.762 cirurgias; 4.421 partos, 170.647 exames de imagem e 1.615 procedimentos de hemodinâmica e 23.166 sessões de quimioterapia e radioterapia.

O HMCC também registrou 253.658 consultas eletivas e 89.573 consultas de urgência e emergência, além de 8.834 procedimentos de hemodiálise.

A qualidade do atendimento é uma preocupação permanente. O hospital foi o primeiro do interior do Paraná a receber a certificação de qualidade de serviços de saúde da Organização Nacional de Acreditação (ONA), reconhecido pelo Ministério de Saúde. Em 2014, obteve o nível máximo nessa certificação.

Investimentos

“Não há investimento mais valioso do que cuidar da saúde da nossa população”, avalia o diretor-geral brasileiro de Itaipu Binacional, general Joaquim Silva e Luna. “E o Hospital Ministro Costa Cavalcanti exerce um papel fundamental. Por isso, não medimos esforços para que o hospital tenha condições de atender cada vez mais e melhor.”

Itaipu é a entidade mantenedora do HMCC e aprovou, no final de abril, investimentos de R$ 64,7 milhões na unidade de saúde. O hospital passará por uma ampla reforma nos próximos três anos, com a expansão da área construída, instalação de novos leitos, aquisição de equipamentos e contratação de mais profissionais.

O número de leitos passará dos atuais 202 para 260, um aumento de quase 30%. O projeto prevê ainda mais 12.315 metros quadrados de área construída e 8.503 metros quadrados de reforma – totalizando 20.818 metros quadrados. Hoje, a área total do HMCC é de 25 mil metros quadrados.

Estão previstos o aumento das salas cirúrgicas, a construção de um novo laboratório de análises clínicas e a expansão dos serviços de quimioterapia e radioterapia, com a inclusão de novo acelerador linear. O plano prevê ainda a construção de mais 10 leitos de UTI geral, 10 de UTI Neonatal e 38 de internação.

Um dos focos é a construção de um novo Centro Materno-Infantil, em área anexa ao hospital, e a reestruturação de vários serviços. O espaço atual da maternidade será destinado à criação de novos leitos. As obras vão permitir ainda uma reorganização completa das áreas de urgência e emergência.

Concluída a reforma e ampliação, será necessária a contratação de mais 200 profissionais, sem considerar os empregos indiretos. Hoje, o hospital conta com 400 médicos e 1.100 colaboradores. “As pessoas são pilares fundamentais para que possamos prestar um atendimento com excelência e qualidade”, afirmou o diretor superintendente do HMCC, Rogério Soares Böhm.

A nova estrutura vai beneficiar os pacientes atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), em Foz do Iguaçu, e também os usuários de planos de saúde como o Itamed, o plano próprio do HMCC, que hoje atende 25 mil pessoas e é líder de mercado na cidade, com 34% de participação.

“O Costa Cavalcanti foi concebido, apenas para atender trabalhadores da obra da Usina, mas ao longo desses 40 anos, foi se tornando essencial para Foz do Iguaçu e região”, completa HMCC, Rogério Böhm.

(Itaipu Binacional)

A Itaipu

Explore mais