Argentina flexibiliza Carta Verde para Puerto Iguazú

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook

O Seguro Carta Verde não está sendo exigido na Aduana Argentina para quem quer apenas ingressar até Puerto Iguazú. Na última terça-feira (19) autoridades de segurança dos três países das Três Fronteiras: Brasil, Argentina e Paraguai, estiveram reunidos na Aduana brasileira da Ponte Tancredo Neves para redigir um documento, com recomendações sobre documentação e itens de segurança do veículo exigidos para adentrar além da fronteira.  

Toda a polêmica surgiu quando na semana retrasada, surgiu comentários de que policiais argentinos passaram a abordar e cobrar de motoristas brasileiros em Puerto Iguazú, itens obrigatórios para transitar além da faixa de fronteira. Todo o caso afugentou moradores e visitantes da região, que estavam receosos de visitas o país vizinho por causa das exigências do Seguro Carta Verde e de série de itens de segurança, incomuns para os veículos brasileiros.  

O Carta Verde é um seguro para veículos, de passeio ou aluguel, registrados no Brasil, que estejam em viagem internacional pelo Mercosul (Argentina, Paraguai e Uruguai). O seguro garante a cobertura de Responsabilidade Civil Facultativa, cobrindo o pagamento de despesas caso o motorista tenha sido responsável por algum acidente que resulte em danos materiais ou corporais a terceiros.  Em Foz do Iguaçu o Carta Verde pode ser adquirido nas casas de câmbio, sem necessariamente ser cliente da empresa seguradora.  

Apesar de não estar sendo cobrado o documento é de máxima importância caso aconteça algum acidente envolvendo terceiros. Ele custa no Brasil R$ 58 para cobertura mínima de três dias e R$ 226 para 30 dias, com limite de danos corporais de R$ 40 mil e danos materiais de R$ 20 mil. 

SEGURO CARTA VERDE

Tempo Valores

3 dias R$ 58

5 dias R$ 79

7 dias R$ 97

10 dias         R$ 122

15 dias         R$ 156 

30 dias        R$ 226

 

Explore mais