Brasil libera entrada de turistas no país com salame, queijo e doce de leite 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

O Destino Iguaçu ganhou muito com a decisão do governo federal de liberar itens como queijo, salame, doce de leite e pescado a turistas estrangeiros e brasileiros que cheguem de viagem do exterior.

A cidade argentina de Puerto Iguazu possui uma enorme variedade de salames, queijos e doces de leite, que agradam o paladar do visitantes brasileiro.  Para comprar basta passear pelo centro da cidade e visitar os mercados, lojas de vinhos, padarias e delicatessen. O país, por sua imigração italiana é reconhecido pela qualidade dos produtos embutidos e lácteos.    

Mas o turista deve prestar atenção, pois segundo o Ministério da Agricultura, as mercadorias deverão estar acondicionados nas embalagens originais, com rotulagem que permita sua identificação e origem. Contudo, a entrada dos mesmos é restrita para no máximo 10 quilos por pessoa, dependendo do produto.

Itens autorizados

As mercadorias contempladas na medida estão divididas em seis grupos:

Produtos cárneos industrializados destinados ao consumo humano (esterilizados comercialmente, cozidos, extratos ou concentrados de carne etc) – limitado a 10kg por pessoa;

Produtos lácteos industrializados (doce de leite, leite em pó, manteiga, creme de leite, queijo com maturação longa, requeijão etc) – limitado a 5 litros ou 5 Kg por pessoa;

Produtos derivados do ovo (ovo em pó, ovo líquido pasteurizado, clara desidratada etc) -limitado a 5kg por pessoa;

Pescados (salgado inteiro ou eviscerado dessecado, defumado eviscerado, esterilizado comercialmente) – limitado a 5kg por pessoa;

Produtos de confeitaria que contenham ovos, lácteos ou carne na sua composição – limitado a 5kg por pessoa;

Produtos de origem animal para ornamentação por pessoa.

{gallery}lacteos{/gallery}

 

More to explorer