Cascavel e Foz recebem apresentações da Camerata Antiqua de Curitiba

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Após as apresentações na Sala São Paulo, a principal sala de concertos do País, e na serra paulista, no Festival Campos do Jordão, a Camerata Antiqua de Curitiba segue viagem para o interior do Paraná. A turnê pelo oeste paranaense passa por duas cidades e leva também obras apresentadas na capital paulista. Os concertos acontecem na quinta-feira (19/7), no Festival de Música de Cascavel e na sexta-feira (20/7), no Cine Teatro Barrageiros, em Foz do Iguaçu. As entradas são gratuitas.

O concerto Cartas e Provérbios tem a regência da maestrina Mara Campos. Em sua primeira apresentação, o Programa definido para o interior já lotou a Capela Santa Maria. São obras aclamadas pelo grande público e que serão executadas pelo coro da Camerata com 20 cantores, orientados tecnicamente por Campos, e a orquestra com 20 instrumentistas de cordas.

No Programa três obras de Johann Sebastian Bach (1685-1750): ‘Concerto de Brandemburgo nº 3 em Sol Maior’, ‘Bach (Again) Komm, süsser Tod’ e o ‘Moteto nº 3 – Jesu meine Freude’, executado pelo grupo este ano no Festival de Campos de Jordão. Além dessas, outras canções integram os concertos como a obra ‘Oração de São Francisco’ de Antônio Ribeiro (1971) e ‘Provérbios’ de Osvaldo Lacerda (1927-2011).

De acordo com Mara Campos, o que predomina é a inspiração que todas as obras, em sua gênese, vieram de cartas e provérbios. “Esse título diz exatamente onde queremos chegar, descreve de uma forma mais próxima do nosso entendimento em que várias das obras foi concebida há séculos. Então a tomamos emprestas e a recontextualizamos no nosso presente”.

Para a regente, é importante que um grupo desse porte também inclua na programação anual essa descentralização,de forma a sempre buscar novos públicos. “Nessa viagem iremos abranger desde estudantes da música no Festival de Cascavel, mas também o grande público, por isso procuramos um Programa bastante variado, para mostrara a excelência do grupo”, comenta Mara.

Coralistas do Coro da Camerata participam como solistas, a soprano Luísa Favero e Karolyne Liesenberg, o baixo Ademir Maurício Sopranos e a contralto Ariadne Oliveira.

Com a viagem, a Camerata busca aperfeiçoar e dinamizar a vida artística. “A participação da Camerata Antiqua de Curitiba nos festivais de São Paulo e Cascavel e na Sala São Paulo e em Foz do Iguaçu demonstra a maturidade da Camerata, o que orgulha muito nossa cidade”, afirma a presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro.

A turnê pelo interior do Paraná é uma realização do Ministério da Cultura e Prefeitura de Curitiba por meio da Fundação Cultural de Curitiba e Instituto Curitiba de Arte e Cultura, com apoio da Itaipú Binacional, Hotéis Mabu, Rede Paranaense de Comunicação (RPC) e da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR).

 Camerata Antiqua de Curitiba

Constituída por Coro e Orquestra, a Camerata nasceu em 1974, sob a égide de seus fundadores, o regente Roberto de Regina – hoje seu maestro emérito – e a cravista Ingrid Seraphim. A proposta inicial de execução exclusiva de música barroca e renascentista foi enriquecida com o acréscimo de um repertório de compositores contemporâneos nacionais e estrangeiros.

Mantida pela Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e administrada pelo Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC), a Camerata Antiqua possui uma trajetória de conquistas e sucessos que se explica pelo empenho de seus integrantes, levando o grupo a se destacar nacionalmente pela qualidade e excelência de seu trabalho.

A Camerata contou com o comando de músicos notáveis, como o maestro Gerard Galloway e o violinista Paulo Bosísio, responsáveis por longo período pela orientação técnica do coro e da orquestra, respectivamente, além de Lutero Rodrigues, maestro titular nos anos de 1987 e 1988, e Wagner Polistchuk, diretor artístico de 2009 a 2011.

A preocupação com questões sociais também marcou a atuação da Camerata, no decorrer dos anos. Foram criados os programas “Música pela Vida”, em 1990, e “Alimentando com Música”, em 1993, com o propósito de levar a linguagem universal da música para salas de aulas, fábricas, asilos, orfanatos, hospitais e penitenciárias, transformando concertos didáticos em ingredientes de integração social.

A Camerata Antiqua de Curitiba tem como atual sede oficial a Capela Santa Maria. A maturidade musical conquistada em quatro décadas de atuação está registrada em oito discos (long plays) e seis CDs. A versatilidade na execução da música antiga e contemporânea é elemento fundamental de um trabalho contínuo, verdadeiro legado à cultura brasileira.

Serviço

Cascavel e Foz do Iguaçu recebem Camerata Antiqua de Curitiba

Festival de Música de Cascavel

Data: Quinta-feira, 19 de julho

Horário: 20 horas

Local: Teatro Sefrim Filho

Endereço: R. Rio de Janeiro, 905 – Centro

Telefone: (45) 3902-1865

Concerto em Foz do Iguaçu

Data: Sexta-feira, 20 de julho

Horário: 20 horas

Local: Cine Teatro Barrageiros (Parque Tecnológico Itaipu)

Endereço: Av. Tancredo Neves, 6731 – Jardim Itaipu

Telefone: (45) 3576-7200

 

(Assessoria de Imprensa)

Explore mais