Centro de Capacitação inicia novo ciclo no turismo de Foz do Iguaçu

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook

 

“Marco na história de Foz do Iguaçu”, “revolução no turismo”, “referência na alta gastronomia e hotelaria internacional”, “união histórica”, “espetacular” e “respeito ao turista”. O Centro de Capacitação do Sindhotéis superou as expectativas de todos na solenidade de inauguração, realizada nesta quinta-feira, 19, quando a entidade completou 41 anos em prol do desenvolvimento da hospedagem e alimentação.

Cerca de 200 pessoas participaram do evento, entre elas empresários, gestores e colaboradores de hotelaria, gastronomia, entretenimento e lazer. Também prestigiaram a cerimônia lideranças empresariais e políticas, bem como dirigentes de várias entidades e instituições parceiras de longa data do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Foz do Iguaçu e Região.

Primeiro presidente do Sindhotéis, em 1975, o empresário Pedro Roth falou em nome da história da entidade. “Quatro décadas atrás lançamos uma semente, que só cresce. O resultado está aqui. Na época nós acreditamos, como hoje acreditam os empresários que agora têm tecnologia de ponta para a evolução constante da hotelaria e gastronomia”, afirmou.

Para o superintendente de Comunicação da Itaipu Binacional e diretor do Fundo Iguaçu, Gilmar Piolla, o complexo profissional será um marco para a melhoria da gestão dos empreendimentos turísticos. “É um sonho concretizado com o investimento conjunto da Gestão Integrada do Turismo. Queremos ser também um destino gastronômico para somar ao já reconhecido padrão de qualidade dos atrativos e pela hotelaria. A vinda da Le Cordon Bleu é espetacular para a cidade e região, iniciando um novo ciclo do desenvolvimento”, disse.

Segundo o presidente do Comtur (Conselho Municipal de Turismo), Licério Santos, a comunidade deu uma nova demonstração de grandeza ao aceitar uma proposta de melhorar ainda mais a qualidade do atendimento por meio da formação de grandes profissionais da hotelaria, gastronomia e serviços em geral. “É um marco grande do empreendedorismo e da força do Sindhotéis”, frisou.

Le Cordon Bleu – O Centro de Capacitação do Sindhotéis terá a gestão administrativa e pedagógica da Uniamérica, com apoio da UDC e outras instituições de ensino. De acordo com Ryon Braga, diretor-presidente da instituição de ensino, para consolidar o centro de referência nacional e internacional na formação em turismo, hotelaria e gastronomia, a Uniamérica foi buscar excelência no setor. “A Le Cordon Bleu é a escola de gastronomia número 1 do mundo, sediada na França, presente em mais de 20 países e agora aqui na fronteira. É a primeira unidade fora das grandes capitais”, destacou.

Representando a Le Cordon Bleu, o diretor-técnico-culinário da unidade no Peru, Jacques Decrock, agradeceu o convite feito pelo Destino Iguaçu para firmar o convênio com “este magnífico Centro de Capacitação”. Ele contou que a partir de julho inicia o curso “Cozinhas do Mundo”, com cinco módulos, cujas inscrições já estão abertas para os amantes do mundo gastronômico. Em 2017 começam os cursos para profissionais experientes, visando a “aperfeiçoar sua técnica dentro da alta culinária internacional com foco no rendimento, resultado e satisfação dos clientes”.

Governança – Dentro da hospedagem, a presidente da ABG (Associação Brasileira de Governantas e Profissionais de Hotelaria), Maria José Dantas, disse que o país iniciou em Foz um novo modelo de gestão em hotelaria. “A presença da ABG no centro contribuirá para melhorar a gestão hoteleira, trazendo formação especializada para profissionais da área, com atenção especial às pessoas, além de promoção de cursos e processos com foco no negócio”, informou.

Para o presidente do Sindicato Empresarial de Hospedagem e Gastronomia de Curitiba, João Jacob Mehl, Foz edificou uma obra fantástica que precisa ser reverenciada. “Fazer uma obra dessa é uma ousadia e um arrojo que demonstra força e pujança. A diretoria do Sindhotéis ficará marcada na história”, disse o dirigente, que representou o presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação e do Conselho de Turismo e Hospitalidade da CNC (Confederação Nacional do Comércio), Alexandre Sampaio.

Anfitrião – Em nome da sua diretoria, o presidente do Sindhotéis, Carlos Silva, fez um agradecimento especial a todos os associados do sindicato, bem como aos patrocinadores, apoiadores e fornecedores que acreditaram no projeto. “A gente sozinho não faz nada. Muitos presidentes e diretores deixaram o seu legado à nossa história. Hoje deixamos nossa contribuição“, afirmou Silva, que também agradeceu a família, colaboradores do sindicato, profissionais de imprensa e responsáveis pela obra. “Foz tem 176 meios de hospedagem e 206 estabelecimentos gastronômicos de interesse turístico. Temos que ser uma única força de ação”, completou.

Iniciada em junho de 2013, a construção do Centro de Capacitação foi possível graças à união e patrocínio de empresas associadas ao Sindhotéis e ao patrocínio master da Itaipu Binacional, Fundo Iguaçu, CNC (Confederação Nacional do Comércio), FBHA (Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação), Senac/Fecomércio, Iguassu Convention & Visitors Bureau, Arte Tintas, UDC, além do apoio de dezenas de empresas da região.

(Grampo Comunicação – Fotos: Marcos Labanca)

{gallery}centro de capacitacao{/gallery}

Explore mais