Centro Universitário UDC divulga resultados de pesquisas nas pontes da Amizade e Tancredo Neves

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

O Centro Universitário UDC finalizou a análise dos dados de mais uma edição das pesquisas realizadas nas Pontes da Amizade Paraguai) e da Tancredo Neves (Argentina). Os dados foram levantados por mais de 150 pessoas entre professores e estudantes do Centro Universitário UDC, unidades Centro e Vila A, e da UDC Monjolo. As pesquisas foram aplicadas nas aduanas das pontes da Amizade e da Fraternidade entre os dias 1 e 6 de maio de 2019.

Os dados levantados dizem respeito as pontes internacionais das fronteiras do Brasil e Paraguai e do Brasil e Argentina: fluxo de veículos e de pedestres e perfil dos turistas. A pesquisa é coordenada e de propriedade intelectual do Pró-reitor do Centro Universitário UDC Professor Doutor Fábio Prado, com a autorização da Receita Federal e da Polícia Federal. Ele idealizou a pesquisa há 25 anos. Na época, o Pró-reitor fazia a contagem dos carros sozinho, apenas com uma caneta e uma prancheta.

As pesquisas contam também com a parceria da Receita Federal, ACIFI  (Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu), Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Fundo Iguaçu, DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), COMTUR  (Conselho Municipal de Turismo de Foz do Iguaçu), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, CODEFOZ  (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu), Prefeitura de Foz do Iguaçu, Polo Iguassu, ANVISA  (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Consulado Argentino, Consulado Paraguaio, e a Universidade de Roma TRE, na Itália.

 

PERFIL DAS PESSOAS QUE ATRAVESSARAM AS PONTES

Ponte Tancredo Neves

O principal motivo da viagem dos entrevistados foi lazer, seguido de trabalho/negócios (64%) e, por fim, compras. Aproximadamente 23,4% pessoas visitaram Puerto Iguazu pela primeira enquanto 22,3% já tinham visitado a cidade mais de cinco vezes. Os trabalhadores autônomos são os principais visitantes do país.

Grande parte dos visitantes tem como expectativa de gastos em Puerto Iguazu de até R$250,00. Em Foz do Iguaçu, a expectativa também foi de R$250,00. Os visitam permanecer de 3 a mais de 5 pernoites, sendo o maior índice de hospedagens em Foz do Iguaçu (38,9%).

A maioria dos entrevistados afirmaram que retornariam a Foz do Iguaçu e Puerto Iguazu. Os dados revelam que tiveram uma boa experiência em ambas cidades. Em relação às compras, a maioria dos entrevistados responderam que são para uso próprio ou para presentear.

A opinião referente as Cataratas do Iguaçu do lado Argentino é positiva com 38,3% de impressões excelentes, 10,9% ótimas e 2,3% boas sobre a atração turística. As Cataratas são a principal motivação para visitar Puerto Iguazu (35%). A experiência gastronômica tanto em Foz do Iguaçu quanto na cidade argentina também é positiva.  

 Ponte da Amizade

O perfil das pessoas que cruzaram a Ponte da Amizade no período da pesquisa é, em sua maioria, homens (53,3%) entre 25 a 24 anos (31%) e autônomos (41, 6%). Os entrevistados visitaram tanto Foz do Iguaçu quanto Ciudad del Este. O principal motivo da visita são as compras, seguido pelo lazer. A maioria das pessoas visitou outros atrativos turísticos de Foz do Iguaçu.

Cerca de 16,3% dos entrevistados visitaram Foz do Iguaçu mais de cinco vezes enquanto 10,9% visitaram pela primeira vez. A pretensão de retornar é alta (45,7%). A frequência de visitas para Ciudad del Este foi bem mais alta com 27,7% de visitas acima de cinco vezes.

58,7% dos entrevistadores indicaram que a Ponte da Amizade é um ponto turístico e 47,3% afirmaram gostar da limpeza da ponte. Referente a segurança na região da ponte, 55,4% se sentem seguros durante a travessia. As pessoas ainda não conhecem o mirante da Ponte Internacional da Amizade, considerando que 61,4% das pessoas responderam que desconhecem a atração turística

 

Serviço

Apresentação da Pesquisa nas Pontes Tancredo Neves e Ponte da Amizade

Local: Sala de Vídeo – Centro Universitário UDC (Rua Castelo Branco, 349, Centro)

Data: 27/09/19 (Sexta-feira)

Horário: 11 horas

 

More to explorer