Educadores do Paraná realizam assembleia em Foz do Iguaçu

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Nesta quinta-feira (28), educadores de todo o Paraná estarão reunidos em Foz do Iguaçu para a Assembleia Estadual da APP-Sindicato. São esperados centenas de trabalhadores da educação para definir o calendário de ações da categoria ao longo deste ano. Entre as principais pautas a serem deliberadas no encontro estão a Campanha Salarial 2016, a eleição do Conselho do Fundeb e a agenda de mobilizações.

A assembleia é uma das principais instâncias de participação e decisão coletiva dos educadores. Cada servidor sindicalizado tem a oportunidade de participar ativamente, apresentando propostas, críticas e compartilhando a análise que irá constituir as estratégias de luta e as reivindicações da categoria. 

Esta será a primeira assembléia de 2016, voltada para toda a base da APP-Sindicato. Além das pautas mais recentes, relacionadas às reivindicações da Campanha Salarial e à agenda de mobilizações, o encontro ainda deverá promover a avaliação e definições abrangendo investimentos na educação, modelo de gestão, estrutura dos estabelecimentos de ensino, entre outros temas relacionados aos direitos dos servidores. 

Para o presidente da APP-Sindicato/Foz, a atual administração não prioriza a educação. “Enquanto o governo considerar os recursos da educação como gasto, os problemas que afetam a escolas públicas continuarão aumentando. No cenário atual, os servidores e alunos são prejudicados pelas dificuldades do dia a dia escolar, mas toda a sociedade também perde, já que a educação de qualidade é indispensável para desenvolvimento social”, define.   

De acordo com Fabiano Severino, o Núcleo Sindical da APP-Sindicato/Foz está mobilizando os trabalhadores da educação dos nove municípios da base de representação da entidade. “É importância a presença de cada servidor na assembléia, que acontece em nossa casa. Em Foz do Iguaçu e região, temos um histórico de mobilização efetiva nas lutas da categoria e por isso esperamos um grande número de educadores no encontro”, explica.

Participação – A Assembleia Estadual da APP-Sindicato acontece na quinta-feira, 28 de janeiro, às 15h, no Hotel Rafain da BR 277, à rua Olímpio Rafagnin, 2357, Parque Imperatriz. Para participar do encontro, com direito a voz e voto, os educadores devem apresentar um comprovante de sindicalização onde conste o desconto da contribuição, como contracheque, recibo ou extrato bancário. 

A APP-Sindicato/Foz disponibilizará transporte aos educadores das cidades da região que irão participar da Assembleia Estadual. O apoio no descolamento é dirigido aos municípios de Missal, Itaipulândia, Medianeira, Matelândia, Ramilândia, São Miguel do Iguaçu e Serranópolis do Iguaçu. Para utilizar o transporte, os educadores sindicalizados devem informar o nome completo e cidade ao Núcleo Sindical de Foz do Iguaçu, até a quarta-feira (27), às 17h, pelo telefone (45) 3028-1893.

Congresso Estadual – A assembleia dos educadores paranaenses acontece durante o XII Congresso Estadual da APP-Sindicato, realizado em Foz do Iguaçu, entre os dias 26 e 28 de janeiro. Com o tema “Escola: território de luta e resistência”, o encontro é um espaço organizativo da categoria, voltado para a reflexão, a elaboração e a organização para a luta da educação. Participam do congresso cerca de 800 delegados eleitos nos núcleos sindicais de todas as regiões do Paraná.

O congresso dos educadores acontece a cada quatro anos. No evento, serão debatidas a conjuntura política internacional, nacional e estadual, a conjuntura educacional e as bandeiras e pautas permanentes da APP-Sindicato. A 12ª edição do encontro acontece ainda sob o impacto do Massacre de 29 de Abril, episódio representativo da ofensiva do Governo do Paraná contra a escola pública e os direitos dos trabalhadores em educação.

(Grampo Comunicação)

 

More to explorer