Encerramento de encontro traz artistas globais a Foz do Iguaçu

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

O 10º Encontro Nacional da Mulher Contabilista contou com a participação de astros globais em seu encerramento. O evento, ocorrido na semana passada reunindo mais de dois mil profissionais de todo o Brasil, deixou para o último dia, sexta-feira (14), a parte interessante e descontraída, após dois dias de intensas palestras e trocas de experiências.

Após o encerramento do evento feito antecipadamente pela organização que já anunciou o destino Gramado (RS) como o local do próximo encontro em 2017, houve a apresentação do monólogo “E foram quase felizes para sempre”, com a atriz da Rede Globo, Heloísa Périssé.

O espetáculo, quase um stand up de uma personagem, funciona como um desabafo para a plateia de uma mulher que confessa seu relacionamento conturbado com seu namorado Paulo Vitor.  A performance da atriz arrancou gargalhadas do público.

Logo após a apresentação da peça teatral, foi a vez do Talk Show – Mulheres que fazem a diferença, com as participações da deputada federal mais votada do Paraná, Christiane Yared; da presidente da Suriana e ex-diretora executiva da Alpargatas, Ângela Tamiko Hirata; da professora do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Sonia Guimarães, e da atriz Marisa Orth, que é diretora de uma ONG que envolve crianças e adolescentes com o teatro. A mediação foi feita pelo ator e cantor Daniel Boaventura.

O ator voltou novamente ao palco agora com sua banda, cantando sucessos dos anos 1960 e 1970, do DVD ‘Your Song’, uma releitura de standards do jazz, da black music e do pop, com canções de Frank Sinatra, Barry White, entre outros. 

Receita – Segundo Maurício Cavichion, presidente da seccional Rio Grande do Sul da Associação Brasileira das Empresas de Eventos (Abeoc) e diretor da Tribeca Turismo, agência oficial do Encontro Nacional da Mulher Contabilista, houve mais de 20 hotéis envolvidos, hospedando mais de 2,5 mil pessoas, entre participantes e fornecedores. “O gasto médio de um turista de negócios é de R$ 500 por dia. Os participantes desse evento têm permanência média de cinco dias em Foz do Iguaçu, o que leva a um movimento médio de R$ 6,5 milhões”, calcula.

{gallery}Encontro da mulher contabilista{/gallery}

 

 

More to explorer