Entrega do Omoiru demonstra a força do associativismo

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

A entrega das chaves do Omoiru é um marco na história do associativismo e do cooperativismo. A solenidade simboliza a concretização da primeira parte de um antigo e ousado projeto idealizado para viabilizar a nova sede da ACIFI (Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu) e integrar ainda mais a sociedade civil organizada.

Realizado na sexta-feira, 27, o evento reuniu empresários que acreditaram na proposta de construir o empreendimento comercial e residencial no terreno da antiga sede da entidade. Todos os apartamentos estão prontos para moradia ou mesmo para novos negócios, afinal o imóvel foi comercializado a preço de real e já nasceu valorizado.

A entrega dos chaves do residencial e da área comercial é resultado dos esforços da comunidade associativista por meio da Sociedade de Propósito Específico Omoiru. A SPE foi responsável por todas as etapas do empreendimento residencial e comercial (com investimento total de R$ 31 milhões), desde a elaboração do projeto à comercialização dos apartamentos e supervisão da obra.

Durante a cerimônia, já na área de lazer do prédio, foi destacada a trajetória do projeto, que atravessou diferentes gestões da ACIFI, na presidência de Wanderley Bertolucci Teixeira, Rodiney Alamini, Elizangela de Paula Kuhn, Roni Temp, João Batista de Oliveira, Leandro Teixeira Costa e Faisal Mahmoud Ismail (atual presidente).

Agradecimento – O presidente da SPE Omoiru, Roni Temp, lembrou fases decisivas desde o surgimento da ideia, como o orçamento para definir o investimento, contratação do projeto arquitetônico, comercialização dos apartamentos, destruição da antiga sede, início da construção (em 2014), acompanhamento da obra e das finanças até chegar à entrega do imóvel.

“A escolha do nome de origem guarani traduz o sentimento: Omoiru significa trabalho em conjunto e união. Esse dia de hoje contempla essa visão. Todos colocaram a mão na massa para concretizar uma obra dessa envergadura”, afirmou Temp. Emocionado, agradeceu a todos que viabilizaram o empreendimento, entre eles investidores, conselheiros e diretores da ACIFI.

Ele ressaltou a confiança e a coragem de todos aqueles que acreditaram no projeto e ajudaram a superar, coletivamente, as dificuldades, “que não foram poucas”, como a crise financeira no país. “Aqui, palavras como trabalho, dedicação, perseverança, determinação, abnegação, voluntariado e união têm forte significado.  Juntos, somos mais fortes”, completou, sob aplausos.

Sede e CID – Já o presidente da ACIFI, Faisal Ismail, parabenizou e agradeceu a todos os sócios da Sociedade de Propósito Específico, que também investiram parte tempo e energia de sua vida no Residencial Omoiru, possibilitando a construção da sede da entidade e do Centro Integrado de Desenvolvimento Regional. “Junta e unida, a sociedade obtém resultados à altura da cidade e região”, destacou.

A nova sede da ACIFI e o Centro Integrado de Desenvolvimento Regional (CID) serão inaugurados no dia 24 de outubro. Além da entidade, o complexo abrigará 18 instituições privadas e públicas com o objetivo de compartilhar o espaço com ideias e projetos em comum, intensificando o diálogo para concretizar ações em prol da cidade e região.

Apartamentos – O Residencial Omoiru possui 68 apartamentos, de 160 a 190 metros quadrados de área total. No total, são 20 andares compondo o edifício moderno e funcional, que oferece muito conforto e segurança. Sua localização é privilegiada, no centro da cidade, na Rua Padre Montoya, esquina com a Avenida Brasil.

(ACIFI – Foto: Marcos Labanca)

More to explorer