Estande interativo de Foz do Iguaçu faz sucesso na Casa Brasil

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook

 

Até quem conhece as Cataratas do Iguaçu fica impressionado com o estande interativo do Destino Iguaçu, montado pela Itaipu Binacional na Casa Brasil, no Rio de Janeiro. Para a carioca Marlene Maria Granadeiro Domett, estar no ambiente foi como revisitar o atrativo. “Adorei; me fez recordar a viagem que fiz há alguns anos para Foz do Iguaçu. É tudo bem real. Parece que estou tomando um banho de chuva nas quedas”, disse.

A opinião é compartilhada por centenas de turistas que passam pelo espaço. A Casa Brasil foi aberta na última sexta-feira (6) e só no primeiro dia recebeu a visita de 20 mil pessoas. Os organizadores estimam que, em média, 10 mil pessoas, entre cariocas e turistas de todo o mundo, vão passar diariamente pelo espaço.

“Realista”

Para Daniela Silva Branco, conhecer o estande foi o empurrãozinho que faltava para conhecer as Cataratas. Ela pretende viajar até o final do ano para realizar o projeto. “O estande está impecável. Muito realista.” Fábio Silva de Azevedo, também carioca, adorou a experiência. “O espaço é muito interativo. A impressão que dá é que estamos debaixo de uma cascata. Dá vontade de conhecer o local.”

O estande traz o “Foz do Iguaçu Experience”, em que o visitante faz uma “imersão” de 180 graus no principal atrativo de Foz, as Cataratas do Iguaçu. Numa cabine especial, são projetadas imagens das Cataratas sobre uma cortina de vapor d´água e também nas laterais. O visitante tem a sensação de estar pertinho delas, ouvindo o ruído das quedas e até sentindo o chuvisco que elas provocam ao despencar. Na área externa, um painel de LED, de alta qualidade, convida os visitantes a entrar no estande e apresenta, também, o novo vídeo institucional do Destino Iguaçu, em tecnologia 4K.

Um pouco do Brasil

Na Casa Brasil, durante todo o período dos Jogos Olímpicos Rio 2016, o público vai conhecer um pouco do que existe nos 26 Estados e no Distrito Federal. Serão 46 dias de muito samba, roda de violeiros, grupos folclóricos, degustação de vinhos, cafés e cachaças e artesanatos de todas as parte do País.

No site do Ministério do Turismo, Vinícius Lummertz, presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), um dos organizadores da iniciativa, comemorou o alcance de público e reforçou o convite a brasileiros e estrangeiros que estão na capital carioca: “A Casa Brasil é um espaço para nos sentirmos em casa durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Aqui todos encontram e se encantam com a diversidade turística, cultural e natural brasileira”.

Para a gerente de atendimentos e planejamento Ana Paula Vieira, o espaço da Casa Brasil instiga o visitante a conhecer outras regiões brasileiras. Após curtir o estande Foz do Iguaçu Experience e apreciar as exposições dos patrimônios imateriais, ela acredita que, principalmente os estrangeiros, vão se encantar com o Brasil. “A Casa mostra nossas belezas e os turistas vão sentir mais vontade ainda de explorar o País”, opinou.

Sobre a Casa Brasil

Com programação diversificada e rica em interatividade, a Casa Brasil reúne em um só espaço esporte, cultura, turismo e oportunidades de negócios, com conceito inovador, rico em experiências sensoriais e tecnologias audiovisuais de ponta. O projeto arquitetônico envolvente leva o visitante a uma viagem por todas as regiões.

Na Casa, o Brasil está representado por seis eixos temáticos: diversidade artística e cultural, promoção de destinos turísticos, excelência esportiva e legado olímpico, oportunidades de negócios e investimentos, sustentabilidade e meio ambiente, além de políticas públicas de igualdade e inclusão.

Participam do projeto os ministérios do Esporte, Turismo, Cultura, Relações Exteriores, Saúde e Educação; Embratur, Apex-Brasil, Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Correios, Petrobrás e BNDES. A Casa está aberta ao público até 18 de setembro e tem entrada gratuita todos os dias, das 10h às 20h.

(Itaipu Binacional) – Fotos: Fábio Canhete)

 

 

Explore mais