Estão abertas as inscrições para o 2º Fórum Trinacional sobre Violências

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook

Evento é organizado pelo Grupo de Trabalho Itaipu-Saúde, que reúne representantes de instituições do Brasil, Paraguai e Argentina

 

Já estão abertas as inscrições para o 2º Fórum Trinacional sobre Violências, que será realizado de forma digital, nos dias 10 e 11 de novembro de 2021. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 10 de novembro por meio do site https://www.even3.com.br/forumtrinacionalviolencias2021/. O Fórum é uma promoção da Itaipu Binacional, por meio do Grupo de Trabalho Itaipu-Saúde, Hospital Ministro Costa Cavalcanti e Prefeitura de Foz do Iguaçu.

O objetivo do fórum é estimular o debate, formular e aprimorar políticas públicas, estratégias, programas, ações e linhas de cooperação que visem fortalecer e ampliar as iniciativas conjuntas e individuais dos países da tríplice fronteira no enfrentamento da violência.

O público-alvo inclui profissionais de segurança pública, saúde, assistência social, estudiosos e quaisquer integrantes da sociedade interessados no tema. A 1ª edição do fórum aconteceu em outubro de 2019, com mais de 400 inscritos. Para essa edição, já estão confirmadas as presenças de palestrantes do Brasil, Paraguai e Argentina.

Os debates serão transmitidos ao vivo pelo YouTube do Hospital Ministro Costa Cavalcanti, mas somente inscritos receberão certificado. Mais informações: gtsaude@hmcc.com.br / forumnacionalviolencias@gmail.com.

Membro oficial

O fórum foi aprovado por unanimidade e anunciado durante a 180ª reunião do Grupo de Trabalho Itaipu-Saúde, realizada de forma virtual na última terça-feira (21). Foi a primeira vez que representantes do Ministério da Saúde de Misiones – Argentina participaram como membros oficiais.

A Argentina participava do GT desde 2006, mas sempre como convidada; a partir da reformulação no funcionamento e da revisão do regulamento interno do GT-Saúde, o país passou a fazer parte do colegiado de membros com poder de voto e decisão.

Também participaram representantes da Itaipu Binacional, de ambos os países, Ministérios da Saúde do Brasil e do Paraguai, Fundação de Saúde Itaiguapy, Fundação Tesãi, Secretaria de Estado da Saúde, Secretaria de Saúde de Foz do Iguaçu, entre outros.

GT Itaipu-Saúde

Criado em 2003, o GT Itaipu-Saúde realizou, até 2020, 178 reuniões ordinárias para troca de experiências e informações. Ao longo desses anos, foram realizados 115 projetos e ações, com mais de 40 parceiros, capacitando e qualificando cerca de 11.700 profissionais da saúde, educação e trânsito.

Mais de 18 mil pessoas participaram de eventos comunitários voltados à saúde e bem-estar da população organizados pelo GT Itaipu-Saúde.

(Itaipu Binaconal)

Explore mais