Festival Itaipu River Games reúne música e esportes radicais em Santa Helena

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Milhares de pessoas passaram pelo Complexo Balneário de Santa Helena neste final de semana, quando aconteceu o Festival Itaipu River Games e a segunda etapa do Campeonato Paranaense de Slackline. 

Promovido pela Associação de Desenvolvimento de Esportes Radicais e Ecologia (ADERE) em parceria com a Itaipu Binacional, o evento alternativo reuniu atletas e moradores de diversas cidades do Estado, como Foz do Iguaçu, São Miguel, Medianeira, Cascavel, Toledo, Marechal Cândido Rondon, Arapongas, Londrina, Araucária e Curitiba. 

Além das competições, o público se divertiu nas oficinas gratuitas de stand up paddle (SUP), slackline e arte circense. Atletas de BMX Dirt Jump de Foz do Iguaçu também animaram os visitantes com manobras radicais em uma pista montada especialmente para o evento. 

A agricultora Adriane Rosso, de Santa Helena, foi com os filhos fazer as oficinas de sup e slackline na tarde de sábado. Ela elogiou a estrutura do Festival e disse nunca ter visto nenhum evento parecido na prainha. “Costumo vir com a minha família aqui para tomar chimarrão, mas nunca tinha feito SUP ou Slackline e foi muito legal. Nunca tinha visto nada parecido aqui. Com certeza precisamos de mais eventos como este”, comentou. 

Sócio Proprietário de uma das empresas parceiras do Festival, Mauri Scheider afirma que a proposta da ADERE deve ajudar a fomentar os esportes radicais na cidade, especialmente o SUP. “Foi uma boa oportunidade de unir diversão e fomentar o esporte na prainha. Nunca tinha visto tantas pessoas em cima da prancha como vi neste final de semana. Foi excelente e com certeza seremos parceiros para futuros eventos”, adiantou. Segundo os organizadores, mais de 600 pessoas participaram das oficinas de stand up paddle nos dois dias de festival. 

Avaliação

Coordenador do Grupo Guaíra de Artes Circenses, Marcelo de Lima afirma que a ADERE e demais entidades parceiras estão valorizando o que a região tem de melhor. “A região lindeira era abandonada e festivais como este, em meio a natureza, ajudam a fomentar o turismo e os esportes radicais. Mais do que isso, estes eventos são boas opções de lazer para os moradores”. 

A maioria do público presente participou de todas as oficinas. A dona de casa Sara Matias soube do evento pelas redes sociais e não perdeu tempo. “Moro no interior de Santa Helena e quando vi um vídeo corri pra cá. É uma energia muito boa, não tem como ficar de fora”.

O president da ADERE, Raby Khalil afirma que o evento foi muito bem recebido pelo municipio e superou a expectative dos organizadores. 

“O evento não é nosso. É de todos do Paraná e todas as pessoas do Brasil que tem a vibe do caminho do bem. Temos o conhecimento para fazer um grade evento, mas nada seria possível sem a parceria de todos”, concluiu.

Slackline

A segunda etapa do Campeonato Paranaense de Slackline começou no sábado (23) com batalhas da categoria acesso (amador). Dos oito atletas, três passaram para a segunda fase – Elite – disputada no domingo. 

O Festival Itaipu River Games é organizado pela ADERE (Associação de Desenvolvimento de Esportes Radicais e Ecologia) em parceria da Itaipu Binacional, Prefeitura Municipal de Santa Helena, Secretaria Desenvolvimento Econômico e Agência de Desenvolvimento da Região Turística Cataratas do Iguaçu e Caminhos ao Lago de Itaipu (ADETUR). 

(Thays Petters – Fotos: Marcos Labanca)

{gallery}slackline Santa Helena{/gallery}

 

 

 

More to explorer