Mabu Hotéis & Resorts lança modelo de propriedade compartilhada em Foz do Iguaçu

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

A Rede Mabu Hotéis & Resorts anuncia o lançamento de um novo modelo de férias para a família no Brasil: trata-se do My Mabu, modelo de propriedade compartilhada que será construído ao lado do complexo onde está localizado o Mabu Thermas Grand Resort, em Foz do Iguaçu. Os novos apartamentos serão construídos em meio ao extenso complexo de mais de 300 mil metros quadrados da Rede em Foz, com lazer e entretenimento garantidos.

Os conceitos de excelência, inovação e empreendedorismo, marcas registradas de uma das mais tradicionais e renomadas redes de hotelaria do país, formam a base do novo projeto. O My Mabu receberá investimentos de R$ 150 milhões.

Paralelamente, a rede também anunciou o lançamento do Blue Park, maior parque aquático do Sul, que também ficará localizado ao lado do Mabu Thermas Grand Resort, com entrega prevista para o fim de 2017. Os proprietários das frações terão livre acesso ao parque após a inauguração. Serão investidos R$ 50 milhões na primeira fase e outros R$ 40 milhões na segunda, quando o parque ganhará mais brinquedos além de lojas e pontos de vendas de alimentos e bebidas.

Um lugar para chamar de seu

Bastante difundido no exterior, o modelo de propriedade compartilhada  foi apresentado nacionalmente por meio da campanha “My Mabu: Happy Holiday Homes”, em evento realizado no Mabu Thermas Grand Resort, em Foz do Iguaçu.

Com localização privilegiada próxima às Cataratas do Iguaçu, o My Mabu é rodeado por uma natureza deslumbrante numa área total de mais de 300 mil metros quadrados de todo o complexo e foi pensado para o bem-estar da família, com muita diversão e conforto. Um dos principais objetivos do projeto é atender uma demanda de turistas que buscam os serviços de sofisticação dos hotéis de excelência aliados ao aconchego e conforto de casa.

No total serão ofertadas mais de 5 mil frações (12 por unidade) para 420 apartamentos: 200, de 49 metros quadrados cada, para 4 pessoas; 200, com a mesma medida, para a ocupação de 6 pessoas, e outras 20 unidades premium, com 100 metros quadrados, localizadas na cobertura, para 8 pessoas. Cada unidade para 4 ou 6 pessoas custará R$ 64,9 mil Quem adquirir uma fração pode realizar o pagamento em até 48 meses. As unidades premium serão oferecidas por R$ 155,9 mil.

O formato permite que os proprietários das frações desfrutem todos  os anos de quatro semanas no My Mabu ou em qualquer resort associado à RCI (Resort Condominium International). Líder mundial no segmento de férias compartilhadas, a RCI conta com 4.500 hotéis em mais de 100 países. A proposta de férias programadas do Mabu garante flexibilidade e calendário rotativo conforme a necessidade dos proprietários. Ao adquirir uma fração, o proprietário já irá ganhar imediatamente duas semanas de férias nos hotéis da RCI.

O proprietário de uma fração pode utilizar o My Mabu por 50 anos, um dos maiores prazos entre as redes do exterior que já adotaram o sistema. Durante esse período é assegurada ainda a hereditariedade do bem, além do direitos de locação e revenda. Segundo Wellington Estruquel, CEO da Rede Mabu de Hotéis e Resorts, a propriedade compartilhada representa um excelente investimento. “O My Mabu também é muito adequado para o atual momento da economia brasileira. É feito para famílias que não abrem mão do direito às férias anuais. Pensando em longo prazo, temos estudos que mostram uma redução de até 30% da propriedade compartilhada em comparação com o custo de viagens de férias ou mesmo com a aquisição de uma segunda propriedade”, afirma. 

A campanha de lançamento conta também com hotsite e um telefone 0800 para tirar todas as dúvidas dos interessados. A previsão é todo o projeto seja finalizado no final do primeiro semestre de 2019. O projeto é assinado pelos arquitetos Jayme Bernardo e Carlos Mauad.

Inovador e sustentável: Parque Aquático Mabu será o maior da região Sul

O Blue Park, parque aquático de águas termais terá sua construção iniciada no fim do primeiro semestre de 2016 e a conclusão da primeira fase está prevista para o fim de 2017. O local contará com atrações como o Wizzard (quatro toboáguas interligados, no qual os visitantes deslizam em tapetes em alta velocidade); Aqualoop (tobogã com 20 metros de altura e 70 metros de extensão); Rio Lento infantil (com 40 cm de profundidade, onde os pequenos podem se divertir em boias), Aquaplay (parque aquático exclusivo para as crianças) e praia de ondas. A proposta da marca é de um ambiente inovador, que ofereça diversão para toda a família e para todos os gostos, com opções para qualquer idade, em um espaço elaborado para criar e reproduzir memórias inesquecíveis.

A segunda fase do parque deve iniciar as obras em 2020. Na ocasião, estão previstos 2 tobogãs, Rio Lento para adultos, Half Pipe, além da construção de lojas e pontos de alimentação de bebidas. O parque irá atender, além dos hóspedes, moradores de cidades num raio de 250 km e também visitantes de Foz do Iguaçu de todas as partes do país.

“Os dois lançamentos representarão muito para a economia da região como atrativos, que devem gerar um movimento constante e aquecer ainda mais o turismo em Foz e em todo o estado”, afirma Wellington Estruquel.

More to explorer