Marco das Três Fronteiras completa 114 anos nesta quinta-feira, 20

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook

Às vésperas de completar 114 anos, Marco das Três Fronteiras já recebeu mais de 120 mil visitantes nos últimos 6 meses do ano.  Localizado na foz do Rio Iguaçu, no encontro com o Rio Paraná, o atrativo completa no dia 20 de julho, 114 anos de história. O marco passou por recente revitalização e já recebeu mais de 120 mil visitantes só no primeiro semestre desse ano. O atrativo é uma opção de entretenimento e cultura para toda a família.

O complexo tem um parque infantil equipado com brinquedos que estimulam atividades físicas e motoras, e tudo isso integrado à natureza e à geografia da atração. Para os que desejam se aprofundar mais sobre uma parte da história da América do Sul, uma boa pedida é conhecer Memorial Cabeza de Vaca. Numa experiência imersiva, jovens e crianças aprendem sobre a descoberta das Cataratas do Iguaçu — hoje como uma das Maravilhas Mundiais da Natureza — pelo desbravador espanhol Álvar Núñez Cabeza de Vaca, com uma narrativa cênica e projeções tecnológicas.

Viagem no tempo – Considerada uma atração turística para toda família, o Marco das Três Fronteiras propõe uma viagem de volta ao século XVI numa vila cenográfica que homenageia a história das Missões Jesuíticas. Em seus 700 metros quadrados de arquitetura histórica, a Praça de Entrada é a porta de embarque para essa viagem. Toda a narrativa é cercada pelas belezas dos rios Iguaçu e Paraná — cujas águas podem ser identificadas por suas tonalidades distintas.

À noite, o pôr do sol dá lugar ao “Show Minueto”, um espetáculo sobre a dança da corte do século XVIII e representa a aristocracia europeia no período da colonização.  Na sequência há uma apresentação de danças típicas que homenageiam os países vizinhos com bailarinos — todos da região — vestidos à caráter. O gran finale fica por conta do “Show Lenda das Cataratas” – um balé que conta a história do casal indígena Naipi e Tarobá e a origem das Cataratas do Iguaçu: uma das Sete Maravilhas da Natureza. Os shows acontecem de terça a domingo, às 19h30 e 20h.

Próximo à praça, o Restaurante Cabeza de Vaca, reúne o melhor da gastronomia regional numa área temática climatizada integrada à paisagem local. A casa é inspirada e também homenageia o desbravador espanhol. Além disso, há trucks de chope, açaí, picolé, entre outras opções. Os visitantes também poderão contar com uma facilidade – o Picture Truck, onde o turista poderá fazer sua foto e imprimir na hora.

Obelisco –  Um dos principais símbolos da região de Foz do Iguaçu, o Marco das Três das Fronteiras — obelisco erguido para celebrar a paz entre os povos — foi inaugurado em 1903 e completa 114 anos no próximo dia 20 de julho. O monumento estabelece o limite territorial e a soberania do Brasil com a Argentina e o Paraguai. Cada país possui seu próprio marco, que se diferenciam pelas cores nacionais. O brasileiro, construído em pedra e cimento, foi inaugurado junto com o argentino, por uma comissão estratégica dos dois países: a brasileira, sob o comando do general Dionísio Cerqueira; e a da Argentina, do General Garmêndia.

 

Serviço

Marco das Três Fronteiras

Horário de funcionamento: das 10h às 22h

Ingressos:

Individual (integral) – R$ 19,30

Individual (tarifa reduzida) – R$ 10,30

* tarifa reduzida: crianças de 6 a 11 anos, estudantes brasileiros e pessoas com mais de 60 anos (brasileiros)

Telefone (45) 3132-4104 / WhatsApp (45) 98429-7135

 Iguaçuenses – Moradores de Foz do Iguaçu, mediante comprovação de residência, têm gratuidade na visitação turística.

 Mais informações

www.marcodastresfronteiras.com.br 

Explore mais