Ministro e secretário estadual da Saúde reforçam campanha de vacinação em Foz do Iguaçu

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Expectativa é que o município seja um dos primeiros do país a ter 100% da população adulta vacinada, a partir do recebimento de lotes extras de imunizantes

Nesta terça-feira, 20, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o secretário estadual de Saúde, Beto Preto prestigiaram o trabalho das equipes da Secretaria Municipal de Saúde na campanha de vacinação em Foz do Iguaçu. A cidade já completou a imunização de 70% da população adulta (acima de 18 anos) com a primeira dose e a expectativa é vacinar essa faixa etária até o início de agosto. Atualmente Foz está vacinando as pessoas com 28 anos ou mais e, com esse ritmo, deve se tornar o primeiro destino turístico imunizado do País.

Acompanhados do prefeito Chico Brasileiro e da secretária municipal de saúde, Rosa Maria Jeronymo, o ministro Queiroga e o secretário Beto Preto visitaram a sede da Vigilância em Saúde e também aplicaram vacinas em quatro pessoas com dupla cidadania, todos residentes em Foz do Iguaçu.

Queiroga e Beto Preto parabenizaram o Município pela organização da campanha e garantiram o envio de mais 45 mil doses para as quatro cidades de fronteira já nos próximos dias.

As 37 mil doses extras enviadas contribuíram para o avanço da campanha e a ampliação da faixa etária. O envio atendeu a uma solicitação do prefeito Chico Brasileiro, através da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e do Governo Estado, que articulou junto ao Ministério a remessa dos imunizantes. Além de Foz do Iguaçu, os municípios de Guaíra, Barracão e Santo Antônio do Sudoeste receberam as doses.

“As regiões de fronteira exigem um controle sanitário mais rígido por conta do fluxo de pessoas que entram e saem do país. O Ministério da Saúde trabalha fortemente com os estados e municípios com fronteiras secas para que tenhamos políticas públicas, um controle sanitário adequado e para que possamos ter uma promoção à saúde nos padrões que desejamos para o Brasil e para nossos irmãos da América do Sul”, disse o ministro.

De acordo com ele, o Brasil está entre os quatro países que mais doses distribui para a sua população. “Mais de 154 milhões de doses já foram distribuídas pelo Ministério da Saúde aos estados e municípios e as 38 mil salas de vacinação do Brasil têm condições de vacinar mais de 2,4 milhões de brasileiros todos os dias. Essa é a grandeza do SUS, que vai nos livrar dessa terrível doença”, afirmou Queiroga.

Avanço na vacinação

O avanço na campanha de vacinação em Foz do Iguaçu, com mais de 17 mil doses aplicadas somente no último final de semana, foi destacado pelo secretário da saúde Beto Preto. Ele também afirmou que o Paraná deve vacinar 100% da população adulta (acima de 18 anos) com a primeira dose até setembro.

“O envio de doses extras foi uma ação acertada do Ministério da Saúde, priorizando locais com grande fluxo de pessoas e criando uma barreira de proteção. Se não houvesse a sensibilidade do ministro na defesa desta proposta isso não estaria acontecendo. A vacinação continua, e seguiremos avançando”, disse.

O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro agradeceu o apoio recebido pelos governos estadual e federal com o envio das doses extras ao município. Ele lembrou que com as fronteiras abertas, circulam por Foz do Iguaçu cerca de um milhão de pessoas – entre brasileiros, paraguaios e argentinos. “Construir um sistema de saúde na fronteira e controlar doenças é um desafio muito grande. Essa imunização aprovada pelo Ministério da Saúde é uma política acertadíssima, porque vai possibilitar que nossas fronteiras estejam preparadas e evitem a alta transmissão. Essa barreira que está sendo criada vai proteger não só o Paraná, mas todo o Brasil”, afirmou.

Foz do Iguaçu tem hoje 70% da população adulta vacinada com a primeira dose e a expectativa é vacinar 100% até agosto, com o envio da nova remessa das vacinas.

Mais doses

O Ministério da Saúde confirmou que o Paraná vai receber mais 312.780 novas doses de vacinas entre a noite de terça-feira (20) e o começo da madrugada da quarta-feira (21). Elas integram um lote de 453,7 mil vacinas anunciado pelo governo federal no domingo. Os imunizantes se somam a outros 141 mil que chegaram ao Estado às 22h20 desta segunda-feira (19).

As doses são destinadas ao avanço da aplicação de primeira dose na população em geral e população de fronteira, além da segunda dose para comorbidades, pessoas com deficiência permanente, gestantes e puérperas e população geral. Ao todo, o Ministério da Saúde prevê encaminhar nesta semana mais de 8 milhões de doses de vacinas aos 27 estados.

(AMN – Foto: Christian Rizzi/PMFI)

More to explorer