Moradores de Foz do Iguaçu e região entram de graça nos atrativos turísticos de Itaipu 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

A população de Foz do Iguaçu e região pode conhecer de graça os principais atrativos do Complexo Turístico de Itaipu. A medida que ajuda a integrar a comunidade com a usina, possibilitando maior conhecimento dos atrativos da cidade, vale para a Visita Panorâmica, Refúgio Biológico Bela Vista, Ecomuseu, Iluminação da Barragem e o Polo Astronômico. 

Lembrando, que alguns passeios, com capacidade de atendimento limitados, os moradores ganham descontos nos ingressos e outros existem a necessidade de agendamento prévio.

A gerente do Complexo Turístico Itaipu, Jurema Fernandes, afirma que permitir o acesso e a aproximação da comunidade todos os dias do ano, é de extrema importância para uma cidade turística. De acordo com ela, durante o passeio além de conhecer os atrativos o morador da região passa a  ser um divulgador das belezas que integram o Destino Iguaçu.

“Compreendemos também que nossa cidade é carente de espaços de lazer, e essa abertura permite que os moradores possam desfrutar destes espaços, e de certa forma contribuir com a qualidade de vida local”, disse.

Visita Panorâmica:

A visita inicia no Centro de Recepção de Visitantes com a exibição de um filme sobre Itaipu e segue em ônibus modernos para conhecer de perto a usina hidrelétrica. O roteiro passa pelo mirante do vertedouro e inclui uma parada no mirante central, de onde se tem uma ampla visão da barragem de aproximadamente 8 km de extensão e 196 metros de altura. A visita continua no ônibus, passando pelos condutos forçados. Dependendo da operação da usina, o ônibus também pode passar por cima da barragem, de onde se tem uma vista de tirar o fôlego: o Rio Paraná com Foz do Iguaçu ao fundo e, na direção oposta, o reservatório de 1.350 km² que abastece Itaipu.

A última parada é no Porto Kattamaram, um local agradável, com vista para o lago de Itaipu, que conta com um restaurante, deck e píer. O tempo de parada no Porto Kattamaram é livre. Dele partem as visitas pagas de barco pelo Lago de Itaipu.

Visita Institucional Técnico-Científica:

A visita institucional é voltada para autoridades, empresas, universidades, faculdades, escolas técnicas, além de cursos específicos como Engenharia Civil, Mecânica, Elétrica, Eletrônica, Eletroeletrônica, Mecatrônica e Arquitetura. Durante a visita é possível conhecer as áreas internas e externas da usina. A visita é gratuita, sendo necessário agendamento prévio diretamente com a área de relações públicas da Itaipu Binacional, sujeito à disponibilidade da usina.

Visita ao Parque Tecnológico:

Passeio que inclui almoço no restaurante localizado nas dependências do Parque Tecnológico de Itaipu, visita acompanhada por monitor ao PTI e ao Espaço do Barrageiro, que resgata e mantém a memória dos homens que trabalharam na obra de Itaipu e viveram nos alojamentos usados hoje pelo Parque. Visita realizada com grupos acima de 40 pessoas, com agendamento prévio.

Iluminação da Barragem:

A Usina de Itaipu também pode ser visitada à noite. Com o show de luzes, o visitante pode verificar cada detalhe da obra de concreto, principalmente o formato de catedrais da barragem.

No Mirante Central foi instalado um sistema de sonorização e telas de projeção para exibição de um filme sobre a construção de Itaipu, com duração de 6 minutos. São utilizados 519 refletores ligados por mais de 60 km de fios, cabos e eletrodutos. A energia usada para iluminar a usina é suficiente para abastecer uma cidade de 15 mil habitantes.

Ecomuseu:

Inaugurado em 1987 e o primeiro do gênero na América Latina, tem como objetivo básico representar as ligações existentes entre o homem, a sua obra e o meio ambiente da área de abrangência do reservatório de Itaipu.

No museu existe uma réplica perfeita, quase em escala natural, do eixo de uma unidade geradora da usina, sendo que o visitante tem a oportunidade de ouvir o barulho do eixo em movimento.

Diversas ações culturais são desenvolvidas em conjunto com os municípios lindeiros e grupos representativos da comunidade. As exposições temporárias apresentam temas relacionados à Itaipu, municípios vizinhos, empreendimentos hidrelétricos e instituições parceiras em programas de conservação ambiental, desenvolvimento sustentado, memória, educação ou cultura.

O novo circuito foi dividido em módulos que apresentam desde a ocupação da região da usina na margem brasileira até os projetos de conservação ambiental conduzidos pela Itaipu.

Polo Astronômico:

Localizado no Parque Tecnológico Itaipu (PTI), o Polo Astronômico Casimiro Montenegro Filho é um dos pouco complexos no mundo a reunir, de forma totalmente integrada, planetário e observatório astronômico.

O Planetário, com capacidade para atender até 73 pessoas por sessão, permite aos visitantes contemplar um céu virtual, projetado numa cúpula de 11 metros de diâmetro e 8 metros de altura. Essa projeção simula a visão de um observador em qualquer latitude do planeta Terra e o céu projetado pode ser do passado, do presente ou do futuro.

Já no observatório, que possui uma cúpula de 6 metros de diâmetro, os visitantes podem observar, por meio de quatro telescópios com excelente poder de resolução, a Lua, os planetas e aglomerados estelares e algumas galáxias.

O atrativo disponibiliza uma biblioteca especializada, um auditório com capacidade para 35 pessoas e o espaço Universo, onde estão expostos os globos dos planetas do sistema solar.

Refúgio Biológico:

O sistema de áreas protegidas da Itaipu Binacional inclui unidades de conservação, sendo quatro no Paraguai e duas no Brasil, entre as quais está o Refúgio Biológico Bela Vista. Trata-se de uma área de preservação permanente, com objetivos de proteção à flora e à fauna, pesquisas, recuperação de áreas degradadas, paisagismo, reprodução de animais, educação ambiental, produção de mudas e abastecimento de água para o município de Foz do Iguaçu.

O refúgio possui edificações destinadas aos mais variados fins, como Centro de Recepção de Visitantes, Centro de Educação Ambiental e Turismo, além de diferentes trilhas para visitação e apreciação.

 

Municípios participantes do Ingresso Comunidade:

Municípios lindeiros ao Lago de Itaipu e ao Parque Nacional do Iguaçu

Capanema, Capitão Leônidas Marques, Céu Azul, Diamante do Oeste, Entre Rios do Oeste, Foz do Iguaçu, Guaíra, Itaipulândia, Lindoeste, Marechal Cândido Rondon, Matelândia, Medianeira, Mercedes, Missal, Mundo Novo, Pato Bragado, Ramilândia, Santa Helena, Santa Lúcia, Santa Tereza do Oeste, Santa Terezinha de Itaipu, São José das Palmeiras, São Miguel do Iguaçu, Serranópolis do Iguaçu, Terra Roxa, Vera Cruz do Oeste.

Região trinacional

Argentina – Puerto Iguazu, Puerto Libertad, Puerto Esperanza e Wanda;

Paraguai – Ciudad del Este, Presidente Franco, Minga Guazú e Hernandárias.

É obrigatório apresentar comprovante de residência recente, acompanhado de documento de identificação com foto. Menores de 18 anos podem apresentar comprovante em nome dos pais. O ingresso deve ser retirado no Centro de Recepção de Visitantes, no dia da visita.

Mais informações sobre horário e preços, favor consultar o site www.turismoitaipu.com.br. Escrever para reservas@turismoitaipu.com.br ou ligar para os telefones 0800 645-4645 / fax (45) 3520-6398 /

Passeios com desconto e valor integral

As exceções para a gratuidade dos passeios ficam por conta do Circuito Turístico Especial e Test Drive Veículo Elétrico, que são atrativos com capacidade de atendimento limitada. No primeiro a Itaipu concede 50% de desconto e no test drive o valor é integral. 

Circuito Turístico Especial

O Circuito Turístico Especial proporciona ao visitante uma visão diferenciada da Usina Hidrelétrica de Itaipu. A visita é acompanhada por monitores trilíngues e o turista recebe um atendimento diferenciado. Primeiramente é exibido um filme sobre a usina, depois segue-se para alguns pontos estratégicos de visitação.

 Test Drive Veículo Elétrico:

Neste passeio inédito no país o visitante tem a oportunidade de dirigir um veículo elétrico produzido com energia nacional, acompanhado de um monitor exclusivo, na maior geradora de energia do planeta.

O circuito do test drive tem 20,4 quilômetros, saindo do Centro de Recepção de Visitantes (CRV) e passando pelo Canal da Piracema, Mirante do Vertedouro, Mirante Central, cota 144 (ao lado dos condutos forçados), cota 225 (no alto da Barragem de Concreto) e Barragem de Enrocamento.

Para dirigir o veículo elétrico é obrigatório portar Carteira de Habilitação dentro do prazo de validade e assinar um termo de responsabilidade. O instrutor acompanha toda a visita, orientando sobre a condução do veículo, normas de segurança e repassando informações sobre a Itaipu, o Projeto Veículo Elétrico e as ações ambientais promovidas pela usina. A visita é permitida somente para maiores de 14 anos. 

 

More to explorer