Observatório de Mídia é lançado em Foz do Iguaçu

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Criar um espaço de diálogo entre comunicadores e comunidade sobre a produção midiática, ampliar a criticidade entre produtores e “consumidores” de informação, além de estimular o debate mais profundo de assuntos de interesse público, com incentivo à produção de reportagens para além do factual.

Esses são os principais objetivos do Observa Foz, um projeto em construção de observatório da comunicação em Foz do Iguaçu. A proposta é resultado de encontros entre comunicadores da cidade dispostos a debater a mídia iguaçuense, realizados ao longo dos últimos meses.

O Observa Foz conta com apoio do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná. A ideia, a partir de agora, é somar forças com representantes de diferentes organizações, como sindicatos, universidades, conselhos municipais, organizações sociais e associações culturais.

O site do Observa Foz será apresentado à comunidade durante a roda de conversa sobre “Fake News”, mediada pelas jornalistas Denise Paro e Áurea Cunha. O evento acontecerá nesta sexta-feira, 29, às 19 horas, na UniAmérica (sala 406), com entrada aberta e gratuita para o público em geral.

Horizonte – O laboratório também pretende colaborar para que o cidadão analise o contexto das relações mídia/poder econômico e político, debatendo como funciona a agenda do processo comunicacional. Ao estimular crítica e autocrítica (ainda que ciente dos limites desse exercício), busca-se a qualificação e valorização do jornalismo.

 

 

 

O Observa Foz é inspirado nos princípios do Observatório de Imprensa, idealizado pelo jornalista Alberto Dines (1932-2018). Por definição, é uma “ferramenta civil, não governamental, não corporativa e não partidária que pretende acompanhar, junto com outras organizações da sociedade civil, o desempenho da mídia”.

More to explorer