Parque das Aves inaugura lounge em dezembro 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

O Parque das Aves está preparando para alta temporada do verão, um novo espaço para melhorar a qualidade de visitação do atrativo. Trata-se um lounge inserido em meio a trilha de acesso aos viveiros e que servirá de local para uma pausa, simplesmente para conversar, relaxar, descansar ou provar um suco ou um lanche. 

De acordo com gerente comercial e diretora de marketing, Karin Wanda Wolf, o lounge possui duas modernas choupanas, produzidas pela equipe do próprio parque, ao estilo dos construídos em resorts de luxo, e que está sendo construídas em meio a trilha, rodeados de grandes árvores e vegetação exuberante do local. A previsão de aberta é para a segunda quinzena de dezembro deste ano.

Recentemente o Parque inaugurou o Viveirão das Araras, o maior do mundo no gênero, com araras, papagaios e periquitos sobrevoando por entre os turistas.  

Movimento – O atrativo, que completou em outubro, 21 anos de criação, espera um crescimento de 25% em sua visitação anual, chegando na casa dos 700 mil visitantes. Até outubo deste ano, metade dos visitantes do atrativo deste anos são brasileiros, com o primeiro lugar ocupado por paulistas, seguidos dos paranaenses e depois os cariocas.  Já entre os turistas estrangeiros, os argentinos são maioria, seguidos dos franceses e peruanos. 

“Inicialmente trabalhamos com a atenção imediata do nosso visitante, no serviço, o atendimento, desde o momento da compra o ingresso. Ele vai ter uma experiência, vai viver uma emoção diferente. Acreditamos que a pessoa que vem aqui, em contato com as aves sai daqui uma pessoa sai daqui mais sensibilizada para a questão ambiental. Que ela guarde o Parque das Aves para sempre”, disse a gerente.

Segundo ela, através de pesquisa um grande número de visitantes que vem ao Parque das Aves é através de indicação, de familiares e amigos que já conheceram o local, dando um credibilidade maior ao atrativo. O Parque departamento de marketing tem uma área específica que atua nas mídias sociais, entre elas o Face, Snapchat, Periscope, divulgado as aççoes do atrativo. 

Programa de conservação – O Parque Aves possui vários projetos de conservação de espécies, além de receber as apreensões do tráfico de animais silvestres. Ultimamente o esforço dos biólogos do Parque, está concentrado na reprodução do mutum-de-alagoas.

De acordo com bióloga e diretora técnica do Parque, a doutora Yara de Melo Barros, o zoológico é o primeiro a se juntar ao programa do governo brasileiro de reprodução do mutum-de-alagoas, aves extinta na natureza desde a década de 1970, quando as últimas três espécies foram retiradas da mata que estava sendo derrubada, para tentar criar o programa de cativeiro. Atualmente existem três criadouros que possuem as 230 aves em todo o mundo. 

Yara informou que o Parque das Aves foi feliz com a reprodução pois apenas 68 dias após o casal de mutum-de-alagoa chegar ao zoológico, foi feita a postura e quatro meses depois nasceu o filhote, mostrando um bom manejo. “Se a espécie voltar a existir um dia na natureza vi ser por causa do trabalho feito de reprodução em cativeiro. Tanto pelo zoológico que entrou agora no programa, como os criadours que salvaram a espécie da extinção”, afirmou a bióloga. 

Sobre o Parque  – O Parque das Aves  está no interior de 16,5 hectares de Mata Atlântica preservada e possui 130 espécies de animais, num total de 1.100 animais, na maiorias aves, mas existem répteis e borboletas em recintos especiais. Do total de aves exibidas nos viveiros, mais de 40% nasceram no local. O parque é centro de referência em reprodução e bem-estar de diversas espécies ameaçadas.

Moradores dos municípios lindeiros ao Parque Nacional do Iguaçu pagam apenas R$ 6 reais na compra do ingresso. Basta apresentar algum tipo de comprovantes de residência (título de eleitor, Carteira Nacional de Habilitação, holerite) e mais a carteira de identidade na bilheteria para ganhar o desconto. 

O Parque das Aves está localizado na Rodovia das Cataratas, ao lado da entrada do Centro de Visitantes do Parque Nacional do Iguaçu. O atrativo funciona todos os dias, das 8h30 às17h. O passeio dura em média 2h, mas o visitante pode permanecer o tempo que quiser no local. 

 

 

 

More to explorer