Projetos de 40 municípios participam do 2º Concurso de Boas Práticas – Cidades Sustentáveis

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Mais de 130 projetos de 40 municípios se inscreveram para participar do 2º Concurso de Boas Práticas – Cidades Sustentáveis, organizado pela Itaipu Binacional e Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, por meio do Programa Cidades Sustentáveis. As inscrições terminaram no dia 30 de outubro. 

Os nomes dos projetos vencedores devem ser divulgados no dia 6 de dezembro, durante o evento de encerramento das atividades relativas ao ano de 2018 do Conselho dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu. O primeiro lugar vai receber R$ 200.000,00 em incentivos via convênio. Os projetos inscritos serão avaliados por uma comissão técnica da Rede Nossa São Paulo, entidade mantenedora do Programa Cidades Sustentáveis. 

Na avaliação da presidente do Conselho dos Lindeiros e prefeita de Mercedes, Cleci Rambo Loffi, o número substancial de boas práticas inscritas reflete o nível de conscientização dos gestores municipais, que tem evoluído ano a ano no que tange à importância de focar em desenvolvimento sustentável. 

Para ela, isso se deve em grande parte ao trabalho do Programa Cidades Sustentáveis, que motiva os gestores e técnicos e também mostra na prática o quanto é importante dar visibilidade e replicabilidade às ações desenvolvidas nos municípios. “Os municípios estão atentos aos indicadores de desenvolvimento e, por consequência, em ações que colaborem para que esse desenvolvimento aconteça”, diz Cleci.

A presidente dos Lindeiros ressalta, ainda, a intenção de tornar a região Oeste uma referência para o Brasil e o mundo, objetivo reforçado pelo assistente da Diretoria de Coordenação da Itaipu, Gilmar Eugênio Secco. “A região Oeste tem seu diferencial e, com o apoio da Itaipu, está se tornando uma referência em desenvolvimento sustentável. Mas, para que isso efetivamente aconteça, é preciso divulgar e replicar as boas práticas executadas aqui. O Concurso tem esse objetivo, de dar visibilidade às ações e também reconhecer iniciativas exemplares”, resume. 

Boas práticas

O concurso foi lançado como forma de motivar, incentivar, valorizar e dar visibilidade às boas práticas correlatas aos 12 eixos do Programa Cidades Sustentáveis, desenvolvidas por entidades públicas, privadas e sociedade civil que contribuam para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e metas da Agenda 2030, no Oeste paranaense e em Mundo Novo (MS). 

Uma das propostas é que os municípios potencializem as ações desenvolvidas localmente ou aprimorem as ações que venham de encontro aos eixos do Programa Cidades Sustentáveis. Os projetos inscritos devem observar os critérios básicos das Boas Práticas, sendo: gerar resultados, replicabilidade, aderência aos ODS e ter pelo menos seis meses de execução até 30 de julho de 2018. 

Maiores informações no endereço www.lagodeitaipu.org.br.

(Itaipu Binacional – Foto Christian Rizzi))

 

More to explorer