Regiões do Porto Meira, Yolanda e Carimã começam a receber serviço de Coleta Seletiva

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

A partir do dia 8 de novembro, o Programa Municipal de Coleta Seletiva chegará aos bairros Porto Meira, Iolanda e Carimã, abrangendo cerca de 54 mil habitantes. Os trabalhos de divulgação nestas regiões começaram no dia 16 de outubro e seguirão até 1º de novembro com a distribuição de materiais informativos e a sacola de ráfia, onde pode ser armazenado o reciclável. O ima de geladeira entregue aos moradores contem a indicação de quais materiais devem ser separados e o dia em que o caminhão da coleta passará nestes bairros: todas as sextas-feiras. 

“Como se trata de uma ampla região, com um número grande de moradores, antecipamos o trabalho de orientação porta a porta. Também estão sendo entregues bilhetes lembrando a todos que a coleta começará no dia 8 de novembro”, explicou a coordenadora do programa de Coleta Seletiva, Rosani Borba. Com essa nova etapa, o programa chegará a 88% das residências urbanas de Foz do Iguaçu, o que corresponde a um total de 22.8785 habitantes. A próxima e ultima fase será a região central da cidade, que deverá ser contemplada até dezembro.

Sobre o Programa

Implantado em junho de 2018, o Programa de Coleta Seletiva é desenvolvido pela Cooperativa dos Agentes Ambientais de Foz do Iguaçu (COAAFI), por meio de um Termo de Colaboração assinado com o Governo Municipal e coordenado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Desde o início das atividades, mais de 1.000 toneladas de materiais foram recolhidas, deixando de ir para o aterro sanitário, gerando economia de dinheiro público e aumento da vida útil do aterro. Outro benefício do programa foi o aumento na renda dos 97 catadores cadastrados na COAAFI.

Os investimentos somam mais de R$ 17 milhões, com apoio da Itaipu Binacional, Governo do Estado do Paraná e a Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu. Este investimento é destinado à reforma e ampliação dos 08 Centros de Triagem, aquisição de equipamentos para cada um deles, aquisição dos 08 caminhões adaptados para a coleta, materiais informativos, educativos e de suporte para a coleta, como sacolas de ráfia para armazenamento dos recicláveis nas residências. Como parte do programa está também o serviço de coleta seletiva e destinação de resíduos sólidos recicláveis nos prédios públicos.

(AMN)

 

More to explorer