Seminário previne acidentes por afogamento em meios de hospedagem e parques temáticos

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

A prevenção de acidentes por afogamento em meios de hospedagem e parques temáticos será o tema do Seminário Regional de Prevenção em Afogamento e Acidentes em Piscinas. O evento acontecerá no dia 23 de setembro, às 17h, no Centro de Capacitação Sindhotéis, em Foz do Iguaçu.

A entrada ao seminário será gratuita, porém a inscrição deverá ser confirmada previamente no site da entidade. O link para garantir a sua vaga é www.sindhoteisfoz.com.br/piscinas. O preenchimento é simples e rápido.

O objetivo é capacitar os profissionais do setor para minimizar os riscos, sobretudo na alta temporada de verão. As inscrições são gratuitas e direcionadas a profissionais ligados à prevenção aquática, gerentes-gerais e de manutenção de piscinas de meios de hospedagem e parques aquáticos.

O seminário será apresentado pelo comandante do 9º Grupamento de Bombeiros de Foz do Iguaçu, major Antonio Schinda. O oficial é mestre em Educação e Políticas Públicas pela Unioeste, mergulhador de resgate, instrutor de Educação Física e diretor da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa).

Além da palestra de Schinda, o evento terá a participação de outros dois oficiais. O primeiro-tenente Jonatas Barrionuevo Theodoro, também oficial do Corpo de Bombeiros, formado em Gestão Pública pela UFPR, mergulhador e instrutor de Educação Física, falará sobre o programa Município + Resiliente em Afogamento, em Santa Helena.

O seminário contará ainda com a exposição do soldado Leonardo Pereira Triaca, que é enfermeiro, socorrista, mestre em Saúde Pública pela Unioeste e especialista em Urgência e UTI. Ele abordará a fisiopatologia do afogamento.

A campanha Município + Resiliente em Afogamento já foi testada em outras cidades e visa a mostrar algumas práticas simples, tanto de prevenção quanto de orientação, como sinalização de áreas de risco para evitar o problema de afogamento na região de Foz do Iguaçu.

Dados do Boletim Brasil, compilados pela Sobrasa em 2018, indicam que 5.700 pessoas foram vítimas de afogamento. No Paraná foram 350 pessoas; e na Região Oeste, 11. Desse total, mais de 80% das mortes ocorreram em razão de as vítimas terem ignorado os riscos, não respeitarem os limites pessoais e mostrarem desconhecimento de como agir em caso de afogamento.

 

SERVIÇO

Seminário Regional de Prevenção em Afogamento e Acidentes em Piscinas

Data: 23/9 (segunda-feira)

Horário: 17 horas

Local: Centro de Capacitação Sindhotéis

Alameda Cecília Meireles, 637 – Jardim Central

Mais informações: WhatsApp: (45) 99921-1845

 

Inscrições gratuitas:

www.sindhoteisfoz.com.br/piscinas 

More to explorer