Termalismo de Salta é apresentado durante feira em Foz do Iguaçu

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

A província argentina de Salta participou da 18ª da Termatalia (Feira Internacional de Turismo Termal, Saúde e Bem Estar) ocorrida na semana passada no Centro de Convenções do Recanto Cataratas Resort, em Foz do Iguaçu.  No estande das províncias argentinas, um dos destaques foi o destino Salta que apresentou no evento sua oferta termal, do Hotel Termas Rosario de la Fronteira, representado por Jorge Méndez, Presidente de Hoteles Salta SE.

O executivo atendeu a imprensa e operadores, vindos de várias partes do mundo, incluindo a Espanha, México, Equador, Peru, Argentina e Brasil, apresentando material de divulgação do hotel e dos atrativos de Salta. Méndez entregou ao ministro do Turismo do Brasil, Vinicius Lummertz, um livro com os atrativos e serviços de Salta. 

“Esta foi uma excelente oportunidade para apresentar aos operadores turísticos de todo o mundo, especializados em turismo termal que visitaram a feira, os produtos e serviços deste hotel e dos avanços das obras da importante remodelação que está sendo feito por parte do Governo da Província de Salta, comentou Méndez.    

A região Trinacional do Iguaçu possui uma ligação aérea direta com o Destino Salta, através de três voos semanais operados pela Flybond, através do Aeroporto Internacional de Puerto Iguazú (Argentina). No Brasil os voos para Salta partem do Aeroporto de Guarulhos (São Paulo).

O Destino 

A Província de Salta está localizada estrategicamente no Noroeste Andino Argentino limitando-se com a Bolívia, Paraguai e Chile. Oferece aos turistas uma vasta heterogeneidade geográfica, riqueza natural, cultural e gastronómica.

O termalismo de Rosario de la Fronteira não está vinculado a um fenômeno vulcânico, mas de origem magmático. A zona reúne as condições geológicas de um campo geotérmico que dá origem ao fluxo de águas termais com altas temperaturas, com propiedades curativas que surgem desde 4 mil metros de profundidade e cujas temperaturas oscilam entre 25º e 99º graus centígrados.

A arquitetura do Hotel Termas Rosario de la Frontera corresponde ao estilo de construções francesas do fim do século XIX. “Desde o ano de 2012 após a decisão do Governo da Província de Salta, está sendo levado a cabo múltiplas obras para recuperar e por em valor o edificio, tanto em riqueza histórica como arquitetônica e de serviços como o Pavilhão de Banhos e dotando o hotel de uma nova piscina.  

Atualmente se trabalha na remodelação completa da cozinha, da lanvaderia, do salão de conferências, do salão de usos múltiplos, kínder, lobby e a atualização da totalidade dos apartamentos”, explicou Jorge Mendez.

O estabelecimento possui uma grande variedade de serviços a partir das águas termais: tratamentos de águas, spa, balneário termotropical, banhos termais, piscina exclusiva para hóspedes, além de outras atividades recreativas como quadra de tênis, campo de golfe, sala de jogos, entre outros. Famílias com crianças pequeñas, grupo de mulheres, casais, encontram neste hotel o refúgio para seu descanso, relaizar seu esporte favorito, reencontrar-se com a natureza e com todos os beneficios das águas termais. 

 

História:

Os descobridores das águas termais foram os Incas no século XVII, que denominaram Inti Yaco (Aguas del Sol). Em 1 de abril de 1880 o Dr. Antonio Palau vindo de Lérida, Espanha, que então vivia  em San Miguel de Tucumán, inaugurou aqui o primeiro balneário termal da Argentina e construiu o Hotel Termas. Em 1886 foram visitados por outras reconhecidas personalidades. Faz mais de seis séculos as nove vertentes que baixam da montanha foram visitados pelos Incas, da qual acalmavam suas fadigas, reconpondo forças e curavam suas dores. Eles a chamaram Aguas de Sol, ou Inti Yaco, e descubriram para a posteridade sesu poderes terapêuticos e revigorantes. Também visitaram  as águas os jesuítas e os gauchos de Güemes.

As águas termais: 

Os 9 mananciais e seus empregos terapêuticos 

• Sulfurosa: para convalecentes (87º0). 

• Ferruginosa: para pacientes con anemia ou desnutrição (85º0). 

• Silicosa: para os hipertensos. 

• Zarza: eliminação do ácido úrico em pacientes com gota. Diminui edemas. (53º0). 

• Laxante: cura a constipação. (25º0). 

• Constanza: trastornos digestivos. (26º0). 

• Palau: para pacientes reumáticos (76º0). 

• Potable: (78º0). 

• Salada: cura reumatismo articular, muscular, ciática e neuralgias. (89º0). 

 

More to explorer