Turismo de Foz do Iguaçu bate recorde de movimento em janeiro 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

O turismo do Destino Iguaçu iniciou o ano com saldo positivo em relação a 2106 quando houve uma quebra de crescimento contínuo do movimento nos principais atrativos turístico e estruturas de entrada de visitantes.

Para se ter uma ideia da alta no movimento logo no início do ano o Parque Nacional do Iguaçu recebe 216.465 visitantes no mês de janeiro, uma alta de 7,65% em relação ao mesmo período do ano passado. Outro atrativo que teve um bom fluxo no período foi o Marco das Três Fronteiras com a entrada 37.078 mil visitantes. O local passou por uma revitalização e foi reinaugurado em dezembro do ano passado.

O grande volume de turistas também foi sentido no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu. De acordo com dados repassados pela Infraero, em janeiro deste ano 225.073 passageiros embarcaram ou desembarcaram no terminal, ante 195.087 em 2016. A Rodoviária Internacional de Foz do Iguaçu recebeu 109.857 passageiros, sendo 53.451 embarques 56.406 desembarques, contra o 88.144 no ano passado.

Segundo o secretário municipal de turismo, Lourenço Kurten, conforme está estampado nos números, a previsão é otimista para o turismo local. “2015 foi um ano histórico para Foz do Iguaçu e começamos 2017 batendo os recordes do melhor ano (2015). A expectativa é que esse fluxo intenso de turistas permaneça durante todo 2017”, avalia Lourenço. 

De acordo com o secretário houve um aumento de turistas estrangeiros visitando o país. “Em reunião com a Polícia Federal, o departamento de migração informou que em 2016 foram feitas 130 mil migrações e foram cerca de 150 mil em 2017”, disse.

Além dos turistas estrangeiros, os brasileiros também prometem movimentar a fronteira durante todo o ano, devido aos feriados prolongados. “Acreditamos que esse ano vamos ultrapassar as margens históricas de visitações em Foz. No Parque Nacional, por exemplo, é de R$ 1,7 milhão de visitantes, e em 2017 esse número deve ser superado. Recebemos muitos turistas do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Sul também”, prevê o secretário.

 

Mês Janeiro 2017

Parque Nacional do Iguaçu:  216.465 visitantes

Marco das Três Fronteiras: 37.078  visitantes

Aeroporto Internacional: 225.073 passageiros

Rodoviária Internacional: 109.857 passageiros

Foz possui gargalos para o turismo    

Baseando em anos anteriores com sequencias de feriadões com três a quatro dias, a média para o período é de 20 a 35 mil visitantes. Eles fazem uma sequência quase lógica: compras no Paraguai e Dutty Free Shop (Puerto Iguazú) no primeiro e segundo dia. Visitas aos atrativos Parque Nacional do Iguaçu, Parque das Aves, Marcos das Três Fronteiras e Complexo Turístico Itaipu, no segundo e terceiro dia e deixam o último dia para a saída da cidade. Em quase todos os dias lotam também restaurantes e churrascarias, shoppings centers, hotéis e resorts.

É claro que todo esse movimento também cria gargalos na recepção de todo o movimento. As filas de automóveis são constantes nas Pontes das Amizade e Tancredo Neves e BR-469 (Rodovia das Cataratas). As áreas de embarques e desembarques do Aeroporto Internacional Foz/Cataratas também são alvos de constantes reclamações dos usuários durante período de alta de turistas.    

“Queremos que o turista fique mais tempo aqui. Estamos trabalhando com sistema de informações turísticas, para o próprio trade distribuir o fluxo nesses feriados, para não acumular em um ou outro atrativo. Estamos fazendo um trabalho para que não formem filas nos atrativos”, disse o secretário. 

Feriados nacionais em 2017

– 28 de fevereiro (terça-feira): Carnaval

– 14 de abril (sexta-feira): Paixão de Cristo

– 21 de abril (sexta-feira): Tiradentes

– 1º de maio (segunda-feira): Dia Mundial do Trabalho

– 15 de junho (quinta-feira): Corpus Christi

– 7 de setembro (quinta-feira): Independência do Brasil

– 12 de outubro (quinta-feira): Nossa Senhora Aparecida

– 2 de novembro (quinta-feira): Finados

– 15 de novembro (quarta-feira): Proclamação da República

– 25 de dezembro (segunda-feira): Natal

 

(Da redação com Agência)

 

FOTO

More to explorer