Turismo de Foz do Iguaçu entra na luta contra a dengue

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

A epidemia de dengue e de outras doenças causadas pelo mosquito aedes aegypti, que o Brasil está enfrentando afeta em cheio os destinos turísticos nacionais.  Em Foz do Iguaçu, que esta semana entrou para a lista dos 15 municípios paranaense com número alarmantes de infectados, algumas medidas vem sendo tomadas para diminuir a presença do mosquito em atrativos turísticos e meios de hospedagem. 

De acordo com o superintendente geral do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), Iran Silva, o Parque nacional do Iguaçu e o Complexo Turístico Itaipu são monitorados quinzenalmente e quando surge focos de larvas do os agentes antecipam para eliminá-los.

Já os empreendimentos hoteleiros de Foz do Iguaçu são considerados pelo CCZ como pontos estratégicos no combate ao mosquito. A exemplo dos atrativos turísticos, os hotéis e outros meios de hospedagem são monitorados quinzenalmente. “Quando existe o pedido, o CCZ promove palestras educativas para os funcionários do hotéis sobre medidas de combate ao mosquito Aedes.”, disse.

Trade – Para o presidente do Festival de Turismo das Cataratas, Paulo Angeli a epidemia afeta o turismo brasileiro como um todo. Temos de imediatamente conscientizar a população da importância do combate em cada trincheira, em cada casa, em cada quarto”, disse.

De acordo com o vice-presidente da ABAV-PR (Associação Paranaense de Agentes de Viagem do Parana), Felipe Gonzalez, a epidemia de dengue afeta o destino, devido à mídia negativa que gera. “No entanto dando um tratamento adequado, pode se transformar em propaganda positiva. Por exemplo havendo combate ao mosquito e medidas de combate como vem sendo feito aqui em Foz”, afirmou o dirigente.

Outra medidas – A cidade aderiu no último sábado (13), à mobilização do Dia Nacional do Esclarecimento, de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chicungunya. A campanha, lançada pelo Governo Federal e com participação de diversas instituições, entre elas a Itaipu e o Exército foi marcada no início pela divulgação, e nesta semana por visitas à população.

Já o Hospital Municipal Padre Germano Lauck reinaugurou na semana da mobilização nacional a ala para internamento de pacientes com dengue. Ela foi estruturada com todo mobiliário e equipamentos novos, disponibilizando 20 leitos com cama e mais 10 poltronas e conta com toda comodidade para atender de forma eficaz e eficiente os pacientes que necessitam de acompanhamento, possibilitando um atendimento especializado garantindo mais agilidade na realização de exames e hidratação.

(Foto: Kiko Sierich)

 

 

 

 

 

More to explorer