Vacinação contra a dengue começa na quarta-feira (28) em todas as unidades de saúde de Foz

vacinação_dengue
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Município recebeu mais de 7 mil doses da vacina, que serão direcionadas para crianças de 10 e 11 anos.

A Secretaria da Saúde de Foz do Iguaçu dará início, na próxima quarta-feira (28), a vacinação contra a dengue em crianças de 10 e 11 anos de idade. O município recebeu 7.909 doses, que estarão disponíveis em todas as 29 unidades básicas de saúde (UBS).

Na terça-feira (27), a equipe do Programa Municipal de Imunização (PMI) fará uma capacitação para enfermeiros e vacinadores das UBSs sobre a aplicação da vacina. “É uma vacina nova e precisamos orientar os aplicadores sobre a diluição correta, repassar as orientações quanto ao público-alvo, às precauções, o esquema vacinal, o lançamento no sistema, uma série de situações que precisam ser debatidas antes de iniciar a vacinação”, explica a coordenadora do programa, Adriana Izuka.

A faixa etária definida como prioritária para a imunização é de crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, mas em razão da capacidade limitada de fornecimento de doses, o Ministério da Saúde recomenda que a aplicação seja iniciada para as idades de 10 a 11 anos. O protocolo de vacinação requer duas doses, com um intervalo de 90 dias entre elas.

A vacinação contra a dengue tem como objetivo a redução das hospitalizações e óbitos decorrentes das infecções pelos vírus. É fundamental o alcance de elevadas e homogêneas coberturas vacinais na população-alvo da estratégia.

Além de Foz do Iguaçu, outros 29 municípios paranaenses receberam as vacinas. A remessa deste primeiro lote, com mais de 35 mil doses do imunizante, teve seu envio antecipado após diálogos do Governo do Estado com o Ministério da Saúde.

As vacinas destinadas para aplicação da segunda dose serão enviadas posteriormente.

Contraindicações
A vacina contra a dengue (atenuada) não deve ser administrada nas seguintes situações:
• Indivíduos menores de 4 anos e com 60 anos e mais;
• Anafilaxia ou reação de hipersensibilidade à substância ativa ou a qualquer excipiente listado na seção “composição da vacina” ou à uma dose anterior dessa vacina;
• Indivíduos com imunodeficiência congênita ou adquirida, incluindo aqueles recebendo terapias imunossupressoras tais como quimioterapia ou altas doses de corticosteroides sistêmicos (p. ex., 20 mg/dia ou 2 mg/kg/dia de prednisona por duas semanas ou mais) dentro de quatro semanas anteriores à vacinação, assim como ocorre com outras vacinas vivas atenuadas4;
• Indivíduos com infecção por HIV sintomática ou infecção por HIV assintomática quando acompanhada por evidência de função imunológica comprometida;
• Gestantes;
• Mulheres que estejam amamentando (lactantes).

Explore mais