Prefeitura de Foz inicia cadastro para castração gratuita de cães e gatos

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Solicitações podem ser feitas pelo site da prefeitura ou no Bosque Guarani, mediante agendamento prévio

A Prefeitura de Foz do Iguaçu inicia nesta sexta-feira (30) o cadastro para a castração gratuita de cães e gatos. A previsão é que as cirurgias, que serão feitas em uma clínica veterinária particular credenciada pelo Município e no castramóvel, sejam iniciadas em agosto.

As solicitações podem ser feitas até o dia 13 de agosto, pelo site da prefeitura (https://bit.ly/castracaoFoz) ou no Bosque Guarani, das 8h às 17h, mediante agendamento prévio. O objetivo é fazer, neste primeiro momento, 1,6 mil cirurgias.

A esterilização será feita em gatos machos, cadelas de até 15kg e gatas de até 6kg. A intenção é dar andamento ao controle populacional de animais domésticos de Foz do Iguaçu.

Considerando a lei federal nº 13.426, de 30 de março de 2017, e a lei complementar municipal nº 196, de 12 de novembro de 2021, o Programa de Castrações do Município tem como objetivo a esterilização cirúrgica gratuita de animais que pertencem a pessoas de baixa renda e protetores independentes de animais. Qualquer cidadão pode se cadastrar, mas serão respeitados os critérios de prioridade.

Cadastro

Para evitar aglomerações, o atendimento presencial para cadastramento, que será feito no Bosque Guarani, deve ser agendado pelo telefone (45) 99907-3450.

No momento do cadastro, é preciso apresentar cópias do RG, CPF e de um comprovante de residência atualizado, além de preencher a ficha com a descrição do animal. A solicitação será encaminhada à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e, na sequência, aos responsáveis pelas cirurgias.

No caso das pessoas de baixa renda, é necessária a apresentação do Número de Identificação Social (NIS). Já os protetores independentes de cães e gatos devem possuir cadastro na Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Caso o animal esteja apto, o tutor do animal será contatado para o agendamento de exames e da cirurgia. “Será realizada avaliação pré-operatória dos animais e implantação do microchip de identificação em todos eles”, explicou o médico veterinário do Município, Carlos Eduardo Santi.

As cirurgias com a clínica veterinária credenciada estão previstas para iniciar em agosto. Já as castrações no castramóvel dependem da finalização dos convênios com as universidades parceiras, que realizarão os procedimentos.

(AMN)

More to explorer